Publicidade

Notícias de saúde

Governo Proíbe Venda de Antigripais com Fenilpropanolamina

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda de descongestionantes nasais, antigripais e expectorantes que contenham em sua fórmula a substância fenilpropanolamina, informou a mídia na quinta-feira.

De acordo com a Anvisa, essa substância -- presente em remédios de grande consumo no Brasil como Descon, Dimetapp e Naldecon -- provocou derrames em algumas pessoas nos Estados Unidos.

A medida foi adotada depois que a agência reguladora de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos (FDA, pela sigla em inglês) relatou a ocorrência de "graves efeitos colaterais" derivados do uso de remédios com a substância.

Segundo as reportagens, a venda está proibida a partir de quinta-feira, mas os laboratórios terão 30 dias para retirar os medicamentos das farmácias.

Além dos medicamentos citados acima, a lista inclui Benadryl, Contac, Alcode, Rinarin, Deutap, Defamil, Naldex, Nasaliv, Descongex, Senagrip, Rhinex e Cheracon, entre outros.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: