Publicidade

Notícias de saúde

Mochila Pesada de Criança Pode Aumentar Risco de Quedas

Por Amy Norton

SÃO FRANCISCO (Reuters Health) - Mochilas pesadas podem fazer mais do que sobrecarregar as crianças. Estudantes que carregam muito peso nas mochilas podem enfrentar dificuldades em tarefas do cotidiano assim como muitos idosos, aumentando seu risco de quedas e lesões.

Pesquisadores norte-americanos realizaram, em alunos que usam mochilas, testes de equilíbrio e mobilidade, normalmente usados para avaliar o risco de queda em idosos.

Os cientistas descobriram que aqueles com as mochilas mais pesadas -- 25 por cento de seu peso corporal -- apresentaram problemas de equilíbrio e tiveram dificuldades na realização de tarefas do dia-a-dia como subir escadas e abrir portas.

Especialistas recomendam que mochilas de crianças devem conter não mais do que 15 por cento de seu peso corporal.

Nesse estudo, meninas de 14 anos que carregavam 15 por cento de seu peso corporal se saíram melhor nos testes do que aquelas com mochilas mais pesadas. No entanto, meninas carregando 5 por cento apresentaram o melhor resultado, de acordo com Kevin M. Means, da Universidade do Arkansas para Ciências Médicas, em Little Rock.

Means disse à Reuters Health que um estudante do ensino médio deu a idéia da pesquisa ao observar colegas de classe indo apressadamente em direção às salas de aula ou correndo pelas escadas com mochilas cheias de livros.

Grande parte das pesquisas de Means se concentrou no equilíbrio e na mobilidade em idosos. Ele acrescentou, no entanto, que crianças também são um grupo de alto risco de quedas.

Means apresentou as descobertas de seu estudo durante o encontro anual da American Academy of Physical Medicine and Rehabilitation (Academia Americana de Medicina Física e Reabilitação), em São Francisco, na sexta-feira.

Pessoas jovens sobrecarregadas com mochilas pesadas podem estar mais propensas a quedas, disse Means.

"E elas podem estar mais propensas a se machucar quando caem", destacou o pesquisador.

De acordo com Means, os pais devem seguir recomendações de não ultrapassar 15 por cento do peso corporal nas mochilas das crianças. E como a distribuição de peso também é importante, as crianças devem carregar suas mochilas firmemente nas costas, com as alças nos dois ombros.

Means destacou que carteiros e outros profissionais que carregam peso em "um lado só" tendem a ter problemas nos ombros e no pescoço.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: