Publicidade

Notícias de saúde

Reduzir Número de Embriões Dá Bom Resultado em Fertilizações

Por Penny Stern, MD

NOVA YORK (Reuters Health) - Durante a fertilização in vitro (IVF), tratamento para infertilidade, três ou mais embriões crescidos em laboratório são transferidos para o útero, na tentativa de elevar ao máximo as chances de gravidez. Pesquisadores canadenses verificaram ser possível avaliar a qualidade dos embriões em laboratório para que não seja necessário implantar mais de dois embriões para aumentar as chances de uma gestação bem-sucedida.

"O objetivo do estudo era verificar os efeitos da redução do número de embriões transferidos em mulheres com menos de 35 anos de idade, usando um sistema de graduação simplificado de implantação do embrião", disse à Reuters Health Nicola L. Dean da Universidade McGill, em Montreal.

O trabalho foi publicado na edição de outubro da revista Fertility and Sterility.

Os pesquisadores dividiram mais de 300 mulheres em dois grupos. No primeiro grupo, um especialista selecionou dois embriões de "boa qualidade" ou os mais propensos a desenvolver-se numa gravidez.

O segundo grupo incluiu pacientes tratadas antes do estudo e que tiveram três embriões transferidos, informou Dean.

Um número equivalente de gestações bem-sucedidas foi verificado nos dois grupos, mas o risco de uma gravidez múltipla (mais de um feto) foi menor no grupo de dois embriões.

Por exemplo, a taxa de gravidez tripla foi apenas de 1,4 por cento no grupo de dois embriões comparada a quase 16 por cento no grupo de três embriões.

A gravidez múltipla é sempre mais arriscada, pois as chances de complicações são maiores. Na verdade, o estudo foi feito, em parte, para "reduzir o número de gestações triplas em nossa clínica", disse Dean.

Como resultado do estudo, agora, os pesquisadores transferem no máximo dois embriões, se tiverem qualidade suficiente, em mulheres com menos de 35 anos de idade.

A avaliação dos embriões requer uma análise cuidadosa feita por um embriologista experiente, observou Dean.

O pesquisador alertou que, para usar essa técnica, é fundamental a presença de um embriologista capaz de fazer uma avaliação confiável da qualidade de embriões em estágio precoce de desenvolvimento.

"Em muitos casos, pacientes submetidas a IVF podem ter menos embriões transferidos e ter boas chances de sucesso, ao mesmo tempo que evitam os riscos e complicações de uma gravidez múltipla", disse o especialista.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: