Publicidade

Notícias de saúde

Tratamento em Pronto-Socorro para Enxaqueca é Inadequado

Por Matthew Harris

SALVADOR (Reuters Health) - O tratamento de pronto-socorro para enxaquecas está longe de ser adequado, de acordo com dois trabalhos apresentados no 19o Congresso Brasileiro de Neurologia, realizado este mês em Salvador.

Em diversos prontos-socorros do Brasil e dos Estados Unidos, pessoas com enxaquecas estão recebendo medicamentos inadequados e estão sendo tratadas em ambientes completamente impróprios, de acordo com Yara Dadalti Fragoso, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e Kenneth Welch, da Universidade do Texas.

Welch comentou que, nos Estados Unidos, narcóticos são comumente fornecidos a pacientes com crises de enxaqueca, embora médicos devam saber que estas drogas não são particularmente eficazes e podem causar dependência.

O problema, disse Welch, é que o mecanismo que provoca enxaqueca é desconhecido. "Sabemos quais drogas funcionam, no entanto, não sabemos como elas atuam."

De acordo com Fragoso, um estudo realizado pela Unifesp detectou que 63 por cento dos médicos de pronto-socorro ainda administravam um analgésico comum para enxaqueca, apesar de uma completa ausência de evidência sobre seu valor.

A médica acrescentou que nenhum médico entrevistado disse ter feito uso de novas drogas que vêm sendo recomendadas há muitos anos para o tratamento de enxaqueca.

"Levando em consideração que 90 por cento dos médicos de prontos-socorros atendem pelo menos um caso de enxaqueca aguda por semana, a situação é completamente inaceitável", disse Yara Fragoso.

"Por esta razão, esperamos que, no futuro, o Consenso Brasileiro de tratamento de dores de cabeça publicado em junho deste ano padronize a forma como tratamos a enxaqueca", concluiu a médica.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: