Publicidade

Notícias de saúde

Contraceptivo em Forma de Adesivo é tão Bom quanto Pílula

Por AliciaMarie Belchak

NOVA YORK (Reuters Health) - No futuro, em vez de tomar pílulas diariamente, as mulheres poderão usar um adesivo parecido com os de nicotina, que ajudam os fumantes a deixar o cigarro.

Um teste realizado em vários centros médicos mostrou que o Ortho Evra, um adesivo contraceptivo de sete dias desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Farmacêutica R. W. Johnson, em Raritan, Nova Jersey, teve desempenho igual ou melhor que as pílulas anticoncepcionais.

Pesquisadores norte-americanos e canadenses apresentaram o estudo na quarta-feira durante encontro da American Society for Reprodutive Medicine, em San Diego, Califórnia. Em dois testes independentes, os pesquisadores avaliaram três diferentes tamanhos de adesivo -- 10, 15 e 20 centímetros quadrados -- durante vários ciclos menstruais e compararam os resultados com os das pílulas atualmente disponíveis.

Com o uso de ultra-sonografia para avaliar o desenvolvimento folicular ou a maturação de um óvulo e das células que o envolvem, os pesquisadores verificaram que o adesivo de 20 centímetros quadrados funcionou melhor que os menores e sua eficácia se aproximou à das pílulas de melhor desempenho.

O adesivo de sete dias distribui doses diárias de hormônios contraceptivos e pode ser usado nos braços, abdômen ou nádegas, informou Marc Monseau, porta-voz da R.W. Johnson.

Substituído semanalmente durante três semanas, seguido de uma semana de descanso, ele funciona de modo similar às pílulas anticoncepcionais.

"Os adesivos oferecem às mulheres um método de uso rápido e ação prolongada", disse Jacqueline Darroch, vice-presidente de pesquisa do Instituto Alan Guttmacher (AGI), em Nova York.

O instituto é uma organização sem fins lucrativos, voltada para a saúde reprodutiva.

Estatísticas do AGI de 1995 mostraram que 16 por cento das mulheres se esqueceram de tomar a pílula por dois ou mais dias nos três meses que antecederam a pesquisa. Mulheres entre 15 e 24 anos de idade e usuárias novas das pílulas esqueceram-se de tomar a maioria das doses, disse Darroch.

Como o adesivo não exige tanta atenção, Darroch acredita que ele possa ser uma boa alternativa, principalmente para mulheres com agendas imprevisíveis ou apertadas ou para aquelas em viagem.

"As pessoas têm preferências individuais e precisam ter diferentes tipos de anticoncepcionais à sua disposição", disse Darroch à Reuters Health.

"As necessidades mudam conforme as pessoas e o estilo de vida e variam ao longo da vida. Ter uma ampla variedade de métodos é importante", declarou a especialista.

O Instituto Farmacêutico R.W. Johnson espera pedir a aprovação da Food and Drug Administration (FDA), órgão que regula drogas e alimentos nos EUA, para o adesivo Ortho Evra no fim do ano.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: