Publicidade

Notícias de saúde

Sobe para 63 Casos de Epidemia do Ebola na Uganda

KAMPALA (Reuters) - A epidemia do ebola no norte de Uganda fez mais de três vítimas, elevando o número de mortos para 63, disseram oficiais do Ministério da Saúde na quarta-feira.

O total de casos da febre hemorrágica chegaram a 175 na quarta-feira, dos quais 57 se recuperaram totalmente, informou Sam Okware, comissário dos serviços de saúde a jornalistas em Kampala.

Okware disse que a epidemia do ebola permanece restrita ao distrito de Gulu, ao norte do país, e casos suspeitos de outras regiões foram considerados falsos.

O ministro da Saúde na terça-feira à noite informou sobre um possível caso na capital, em Kampala, mas Okware disse que esse também havia sido confirmado como outra doença.

"Houve um caso suspeito em um hospital de Mulago", disse Okware. "Agora nós chegamos a conclusão de que não tem nada a ver com o ebola."

Não há cura conhecida para o vírus fatal do ebola, mas médicos em Gulu disseram que alguns pacientes poderiam sobreviver se conseguissem ser levados rapidamente para o hospital e ingerissem uma alta quantidade de fluidos.

O vírus provoca forte sangramento interno.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: