Publicidade

Notícias de saúde

Seminário Discute Violência Contra a Criança

Seminário acontece enquanto o País discute formas de proteger as crianças da violência.

No início de novembro, entre os dias 6 e 8, especialistas brasileiros e estrangeiros vão debater na USP a questão da violência contra a criança. O seminário conta com a presença da primeira-dama D. Ruth Cardoso, que fará a conferência de abertura (“Violência, Educação, Trabalho Infantil e a Criança”) e com especialistas das Universidades de Tel Aviv, em Israel, e de Houston, nos Estados Unidos.

No último dia, diversas crianças vítimas de violência darão seu depoimento, sob coordenação do Prof. Dr. Rubens de Camargo Ferreira Adorno, da Faculdade de Saúde Pública da USP. O seminário acontece quando duas questões relacionadas com o tema estão sendo debatidas pela sociedade.

A primeira é a campanha organizada pelo Laboratório de Estudos da Criança, vinculado ao Instituto de Psicologia da USP, que quer acabar com a famosa palmadinha no bumbum ou, como é conhecida pelos médicos, o "psicotapa". A iniciativa pretende fazer com que o Brasil cumpra o Artigo 19 da Convenção pelos Direitos da Criança, que condena qualquer prática degradante e humilhante. Os organizadores defendem o diálogo como forma de educação. De acordo com uma pesquisa da USP, 83% dos jovens entre 7 e 15 anos pesquisados já sofreram algum tipo de violência física. A segunda questão foi a recente morte de Brenda Carvalho Coelho, morta aos nove meses de idade em conseqüência de pancadas no crânio, o que, obviamente, constitui crime sujeito à pena de prisão.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: