Publicidade

Notícias de saúde

Maioria das Mães dos EUA Não Amamenta, Indica Estudo

NOVA YORK (Reuters Health) - A grande maioria das mães nos EUA, especialmente as adolescentes participantes de um programa nutricional federal, nunca amamentou, afirmaram pesquisadoras.

Profissionais de saúde promovem a amamentação como o melhor método de alimentação para os primeiros 6 meses de vida do bebê devido a seus claros benefícios à saúde em relação a outros métodos, de acordo com Ranjita Misra, da Universidade Estadual Truman, em Kirksville, Missouri, e Delores James, da Universidade da Flórida, em Gainesville, Flórida.

As pesquisadoras entrevistaram cerca de 30.000 novas mães sendo acompanhadas em clínicas de saúde públicas em Missouri em relação aos métodos de alimentação dos bebês. Quase todas as mães participaram do Programa de Nutrição Suplementar Especial para Mulheres, Recém-Nascidos e Crianças (WIC).

De acordo com as pesquisadoras, dois terços das mães adultas e três quartos das mães adolescentes disseram que nunca amamentaram ou deram de mamar somente por uma semana.

Na época da pesquisa, somente 19 por cento das mães adolescentes e 68 por cento das mães adultas estavam amamentando seus filhos.

Misra e James destacaram que 95 por cento das mães -- adultas e adolescentes -- começaram a usar uma fórmula para bebês pelo menos em algumas das alimentações na 2a semana de vida do recém-nascido.

Os resultados indicam que as mães com melhor instrução, que eram solteiras e nos últimos anos da adolescência, e que começaram o pré-natal no primeiro trimestre da gestação estavam mais propensas a continuar com o aleitamento materno. Além disso, as mães afro-americanas estavam menos propensas a amamentar.

As pesquisadoras sugerem que o WIC pode encorajar o abandono do aleitamento fornecendo, de graça, uma fórmula a determinadas crianças durante seu 1o ano de vida.

Como recém-nascidos podem obter muitos benefícios do aleitamento materno, Misra e James sugerem quatro medidas para aumentar as taxas de amamentação entre estas mães, como promover a amamentação entre futuros mães, pais e avós, mesmo antes da concepção e encorajar gestantes adultas e adolescentes a iniciar o pré-natal o mais cedo possível.

Além disso, as pesquisadoras recomendam incentivar o aleitamento em programas educacionais de pré-natal em escolas e desenvolver materiais educacionais de amamentação tendo como alvo as adolescentes.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: