Publicidade

Notícias de saúde

Pais e Filhos Consomem Drogas Juntos

Uma pesquisa americana mostra que 20% dos viciados consomem drogas ao lado dos pais. No Brasil, o problema é semelhante.

Quando se fala em adolescente consumindo drogas, a imagem típica é a de um garoto fumando maconha com os amigos em algum beco da cidade. Um estudo feito nos Estados Unidos mostra que uma situação bem diferente está ficando cada vez mais comum.

Segundo a pesquisa feita por centros de tratamento nos estados de Nova York, Califórnia, Flórida e Texas, um quinto dos viciados já consumiu drogas com os próprios pais. Dos 600 pacientes entrevistados, 20% já tinham consumido algum tipo de entorpecente na companhia dos pais antes dos 18 anos.

Entre os que consumiram drogas acompanhados dos pais, 76% deles apontaram a maconha como a droga mais utilizada. O crack e a cocaína também apareceram nas respostas de 19% e 16% dos pacientes, respectivamente. Embora tenham afirmado que já consumiram algum tipo de droga com os pais, apenas 5% dos entrevistados afirmaram que foram iniciados por eles.

“Atualmente, muitos pais crêem que o consumo é uma espécie de rito de passagem”, explicou o presidente da Phoenix House, Michael S. Rosenthal. A pesquisa ainda mostrou que não há diferenças entre a quantidade de adolescentes negros, hispânicos ou brancos que consumiram drogas com os pais.

O Brasil não tem nenhuma estatística semelhante, mas o psicólogo Fernando Falabella Tavares de Lima, que trabalha com jovens no Núcleo de Estudos e Temas em Psicologia, acredita que o mesmo acontece por aqui.

“Muitos pais adotam um discurso defensivo – ‘Já que eles vão consumir drogas de todo jeito, que ao menos façam em casa, com segurança’ ”. O problema, diz Fernando, é que “os jovens ficam mais expostos e passam a consumir drogas com maior frequência”.

“Já atendi pacientes que fumavam maconha ao lado dos pais. Mas o adolescente não tem limites – impor isso é um dos papéis dos pais – e logo passa a consumir outras drogas”. O psicólogo diz que o diálogo franco e aberto entre pais e filhos é importantíssimo – mas ninguém deve facilitar o consumo de drogas.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: