Publicidade

Notícias de saúde

O que acontece quando os pais oferecem álcool a seus filhos adolescentes?

08 de março de 2018 (Bibliomed). O fornecimento de álcool a adolescentes por seus pais está associado a maiores probabilidades de danos causados ​​pelo álcool, e não há evidências para sustentar a visão de que o fornecimento parental protege dos resultados adversos do consumo de álcool, de acordo com um estudo publicado na revista The Lancet Public Health.

Pesquisadores realizaram um estudo prospectivo de coorte usando dados australianos de estudos longitudinais sobre o fornecimento de álcool para adolescentes para examinar correlações entre o suprimento parental de álcool e resultados de consumo subsequente de um período de seis anos da adolescência. Crianças no primeiro ano e seus pais foram recrutados e pesquisados ​​anualmente; 1.927 pais e adolescentes elegíveis foram recrutados entre setembro de 2010 e junho de 2011, e foram seguidos até 2016.

Os pesquisadores descobriram que as chances de consumo compulsivo descontrolado, de dano relacionado ao álcool e sintomas de transtorno de uso de álcool foram aumentadas para os adolescentes que receberam álcool apenas pelos pais em comparação com aqueles que relataram nenhum fornecimento. Comparado com nenhum fornecimento de qualquer fonte, não houve correlação significativa entre o fornecimento parental de álcool e a probabilidade de denunciar sintomas de abuso de álcool ou dependência.

Assim, não existem evidências para sustentar a visão de que o fornecimento parental protege dos resultados adversos de consumo de álcool aos filhos, segundo os autores. Os pais devem ser informados de que esta prática está associada ao risco do aumento do acesso ao álcool de proveniente de outras fontes.

Fonte: The Lancet Public Health. DOI: 10.1016/S2468-2667(17)30240-2.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: