Publicidade

Notícias de saúde

Pessoas medrosas têm maior possibilidade de serem mordidas por cães

23 de fevereiro de 2018 (Bibliomed). Talvez haja alguma verdade na crença de que os cães podem detectar o medo em um ser humano. De acordo com um novo estudo britânico, pessoas mais ansiosas podem estar sob  maior risco de serem mordidas de cães.

A descoberta veio de uma pesquisa de quase 700 pessoas no norte da Inglaterra, realizada por pesquisadores da Universidade de Liverpool. Como parte do estudo, os participantes foram perguntados se eles já haviam sido mordidos por um cão, se eles conheciam o cão que os mordeu e a gravidade das mordidas. Eles também fizeram um teste de personalidade de 10 itens.

No geral, um entre quatro participantes foram mordidos por um cachorro. Os homens eram quase duas vezes mais propensos a serem mordidos como mulheres. Mais de metade dos participantes - 55% - foram mordidos por um cachorro que não conheciam. Além disso, as pessoas que possuíam vários cães tinham três vezes mais chances de terem sido mordidas do que aquelas que não possuíam cães. As características dos cães - sexo, idade e raça - não foram levadas em consideração.

O estudo encontrou apenas uma associação entre traços de personalidade humana e frequência de mordidas de cães.Quanto mais emocionalmente estáveis ​​e com menos componentes de neurose fossem os participantes, menos probabilidade tiveram de serem mordidos por um cachorro, descobriu o estudo. À medida que o escore de estabilidade emocional de uma pessoa aumentou em um único ponto, entre um e sete, sua probabilidade de ter sido mordida caiu em 23%.

Os resultados do estudo foram publicados on-line no Journal of Epidemiology and Community Health.

Fonte: Journal of Epidemiology and Community Health, Feb. 1, 2018.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: