Publicidade

Notícias de saúde

Uso da telemedicina pode ser útil em casos de alergia

22 de novembro de 2017 (Bibliomed). A telemedicina é considerada como sendo um método de atendimento de saúde para alergistas e imunologistas, de acordo com um documento de posição apresentado no Encontro Científico Anual de American College of Allergy, Asthma and Immunology, realizado de 26 a 30 de outubro de 2017 em Boston.

Observando que a telemedicina está associada a resultados benéficos, os autores de um novo estudo discutiram o uso da telemedicina para alergistas.

Os autores apoiam o uso da telemedicina como método de fornecer cuidados de saúde. As atividades de telemedicina devem explicar os diferentes níveis de conhecimento, inclusive tecnológico e se esforçam para maior a facilidade de seu uso. A telemedicina deve ser segura e cumprir os regulamentos estaduais e federais. A cobertura de responsabilidade médica deveria incluir uma provisão para serviços de telemedicina. Devem ser implementadas medidas de garantia de qualidade para rastrear a satisfação do paciente, o desempenho do médico e os resultados clínicos.

Os mesmos padrões de atendimento, profissionalismo e ética devem ser estabelecidos para visitas de vídeo interativo ao vivo com pacientes, como para consultas face a face. Em todos os momentos, devem ser seguidas as melhores práticas para a segurança no atendimento por telemedicina. É provável que o uso de telemedicina se expanda para cuidados alérgicos, com aplicações mais amplas em medicina; são necessárias mais pesquisas sobre o impacto e os resultados.

Fonte: Annals of Allergy, Asthma & Immunology. November 2017Volume 119, Issue 5, Supplement.

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: