Publicidade

Notícias de saúde

Tecnologia da informação contribui para a prevenção de doenças

29 de junho de 2017 (Bibliomed). A tecnologia da informação pode ser aproveitada para auxiliar pacientes que enfrentam decisões rotineiras, de acordo com um estudo publicado na revista Annals of Family Medicine.

Investigadores da Virginia Commonwealth University e colegas realizaram um estudo prospectivo, observacional envolvendo 12 práticas com 55.453 pacientes usando um portal para pacientes. A participação estava aberta para aqueles potencialmente enfrentando uma de três decisões de triagem para o câncer: mulheres entre 40 e 49 anos que não tinham feito uma mamografia em dois anos; homens com idades compreendidas entre os 55 e os 69 anos que não tinham realizado um teste antigénico específico da próstata em dois anos; e adultos com idades entre 50 a 74 anos que estavam atrasados ​​para rastreio do câncer colorretal.

Um quinto dos usuários do portal enfrentou uma decisão potencial de triagem de câncer em um ano. Os pesquisadores descobriram que 20,6% desses pacientes iniciaram e 7,9% concluíram o módulo de decisão. Em geral, 47,2% dos que completaram o módulo compartilharam respostas com seu médico. Um total de 57,8% dos inquiridos após a sua próxima visita ao escritório acreditavam que seu médico tinha visto a sua resposta; muitos relataram que o módulo tornou sua consulta mais produtiva, assistiu com o engajamento na decisão, aumentou seus conhecimentos e melhorou a comunicação (40,7, 47,7, 48,1 e 37,5%, respectivamente).

Embora o uso da tecnologia tenha o potencial de tornar as visitas ao médico mais eficientes e eficazes, mudanças culturais, de fluxo de trabalho e técnicas são necessárias antes que elas possam ser amplamente divulgadas, segundo os autores do estudo.

Fonte: Ann Fam Med May/June 2017 vol. 15 no. 3 217-224

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: