Publicidade

Notícias de saúde

Governo Recomenda Cuidado com Falsificações e Atenção aos Preços dos Remédios

O consumidor deve ficar atento às últimas recomendações de órgãos do Governo Brasileiro com relação ao preço dos remédios, bem como o cuidado na compra para evitar as falsificações com os produtos dessa natureza. A Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda divulgou nota afirmando que não ocorrerão aumentos de preço dos 11.390 tipos de remédios comercializados no país em outubro, em relação aos valores praticados em setembro.

REDUÇÃO E AUMENTO DE PREÇOS

O comunicado diz que sete medicamentos apresentaram reduções de preços que variam de 16% a 49%. No entanto, o órgão autorizou somente aumento de preço para dois remédios, Maleapril de 20mg (caixa de 30 cápsulas), do laboratório Gallia, e Keflaxia de 500mg (com 8 cápsulas) do laboratório QIF. Os dois laboratórios justificaram o aumento afirmando que houve erro de informações dos preços divulgados em setembro.

Falsificações de remédios

O Ministério da Fazenda vem solicitando a atenção dos usuários no ato da compra de remédios, para evitar falsificações. Tanto os órgãos de saúde como a polícia estão atentas na identificação de quadrilhas que podem colocar em risco a saúde pública. Eles devem ser informados de qualquer evidência de práticas deste delito, que pode dar até 30 anos de cadeia.

Dicas para identificar delitos

Com objetivo de permitir ao consumidor identificar e auxiliar o controle da qualidade dos produtos farmacêuticos comercializados, o Ministério da Saúde elaborou cartilha contendo dicas para reconhecer os sinais de fraude. Entre elas destacamos: somente tome remédios indicados por médicos; exija e guarde a nota fiscal contendo o nome do estabelecimento, do medicamento e o lote.

Copyright © 2000 eHealth Latin America

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: