Publicidade

Notícias de saúde

Farmacêuticos podem evitar internações em idosos?

27 de março de 2014 (Bibliomed). Problemas relacionados com o uso de medicamentos causam entre 10 a 30% de todas as internações hospitalares em idosos. Uma nova revisão sistemática, publicada no último número da revista Age and Ageing teve como objetivo avaliar a eficácia das intervenções lideradas por farmacêuticos hospitalares ou comunitários para reduzir internações não planejadas em pessoas idosas.

Na pesquisa, vinte e sete ensaios clínicos randomizados (ECR) foram identificados, dos quais sete ensaios foram excluídos. Os 20 estudos incluídos foram compostos por 16 estudos com idosos e 4 para idosos com insuficiência cardíaca. Intervenções lideradas pelos farmacêuticos hospitalares (sete ensaios) ou farmacêuticos comunitários (nove ensaios) não reduziram as internações não planejadas na população mais velha (razão de risco 0,97 IC 95%: 0,88, 1,07, IC 95% 1,07: 0,96, 1,20).

Três ensaios clínicos em idosos com insuficiência cardíaca mostraram que as intervenções entregues por um farmacêutico hospitalar reduziu o risco relativo de internações. No entanto, esses estudos foram heterogêneos em intensidade e duração do acompanhamento.

As evidências a partir de três estudos randomizados controlados sugerem que as intervenções lideradas por farmacêuticos hospitalares reduzem as internações não planejadas em pacientes idosos com insuficiência cardíaca, embora estes estudos fossem heterogêneos. Os dados de 16 estudos não suportam o conceito de que intervenções lideradas pelos farmacêuticos hospitalares ou da comunidade para a população idosa em geral possa reduzir internações não planejadas.

Fonte: Age Ageing (2014) 43 (2): 174-187.

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: