Publicidade

Notícias de saúde

Música ao vivo beneficia desenvolvimento de prematuros

16 de abril de 2013 (Bibliomed). Ouvir música ao vivo pode ser benéfico para bebês prematuros em unidades de tratamento intensivo.

De acordo com um novo estudo, que envolveu 272 bebês prematuros, música tocada ao vivo fez com que os bebês mostrassem melhoras consideráveis em seus estados de saúde.

Os bebês participantes apresentavam problemas de saúde como infecções bacterianas na corrente sanguínea, problemas respiratórios ou tamanho inadequado para sua idade.

Foram vistas mudanças positivas na taxa de batimento cardíaco, comportamento de sucção, padrões de sono e consumo de calorias dos bebês. Outros fatores benéficos puderam ser vistos nos pais, que passaram a se sentir mais conectados a seus filhos e menos estressados.

A música ao vivo pode ser mais benéfica do que a música gravada porque esta pode ter ritmos e melodias que estimulem excessivamente a criança, que está acostumada apenas ao ambiente sonoro do útero materno, onde ouvia a voz da mãe, seus batimentos cardíacos e respiração.

Os resultados encontrados mostram que a terapia sonora pode ser adaptada às necessidades de recém nascidos prematuros e beneficiá-los de diversas formas.

O estudo foi publicado no periódico Pediatrics.

Fonte: Live Science, 15 de abril de 2013

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: