Sofrer ou praticar bullying na infância pode trazer problemas de saúde na fase adulta

Comentar

Comportamento

destaque_bullyngO bullying é prejudicial para a saúde tanto de quem pratica quanto de quem sofre, mostra estudo publicado na Psychological Science. De acordo com o estudo, o bullying pode levar ao desenvolvimento de problemas comportamentais e aumentar fatores de risco para doenças cardiovasculares.

 Pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, rastrearam mais de 300 homens da primeira série até o início dos 30 anos para mostrar que ser vítima de bullying ou praticá-lo estava ligado a resultados negativos na idade adulta.

O estudo longitudinal envolveu meninos matriculados na primeira série de escolas públicas em 1987 e 1988. Mais da metade dos alunos eram negros e suas famílias recebiam assistência financeira do governo.

Com base em entrevistas após 20 anos de follow-up, os pesquisadores descobriram que os agressores eram mais propensos ao consumo de tabaco e maconha, além de personalidade mais agressiva, hostil e ter passado por situações estressantes quando comparados com as vítimas. Essas, por sua vez, tiveram mais problemas financeiros, se sentiram mais injustamente tratados por outros e foram menos otimistas sobre o seu futuro.

Os resultados mostram que os papéis de agressor e de vítima pareciam continuar até a idade adulta, no entanto, ambos os grupos de homens tiveram impactos negativos na saúde, como fatores de risco para doenças cardiovasculares e outras doenças que podem ser fatais.

 Fonte: Psychological Science, 28 de abril de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>