Série “13 Reasons Why” pode ter aumentado os índices de suicídio entre jovens

Comment

Saúde da família


Com duas temporadas disponíveis e a terceira confirmada, a série 13 Reasons Why pode estar relacionada a um aumento de quase 29% nas taxas de suicídio entre jovens de 10 a 17 anos. É o que mostra estudo do Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos.

A série conta a história da jovem Hannah Baker, que comete suicídio e deixa gravadas 13 fitas com prováveis motivos do ato. Baseada em livro homônimo de Jay Asher, a série se tornou um fenômeno mundial entre jovens, e motivo de preocupação entre pais e especialistas, que se preocuparam com a possibilidade de a história aumentar o número de suicídios entre adolescentes.

A popularidade do programa levou os pesquisadores a comparar as taxas de suicídio entre as crianças antes e depois da estreia do programa, e os resultados mostraram que após a estreia, 195 jovens com idades entre 10 e 17 anos cometeram suicídio entre 1 de abril de 2017 e 31 de dezembro de 2017, um aumento de 28,9% e um recorde de casos em 19 anos.

Em comunicado à imprensa, a autora do estudo, Lisa Horowitz, explica que o estudo é correlativo, ou seja, foram consideradas as diferenças sazonais nos índices de suicídio e as tendências do momento. A pesquisadora ressalta que a série não pode ser considerada como único gatilho para os suicídios, mas os resultados apontam para a necessidade de aumentar a conscientização de que os jovens são particularmente vulneráveis à mídia.

Fonte: Journal of the American Academy of Child and Adolescent Psychiatry, 30 de abril de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *