Publicidade

Artigos de saúde

Florais de Bach – parte II – Aplicação prática

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Florais de Bach
- Os Florais e Suas Indicações
- As 38 Essências Florais de Bach:
- Bach dividiu as flores em 7 grupos:
- A Terapia Floral
- Conceitos Atuais
- Florais e o Mundo Científico

Florais de Bach

O método desenvolvido por Bach procura retirar a energia do ambiente e colocá-la nas flores. Para Bach "os remédios elevam nossas vibrações e abrem nossos canais para a recuperação do Eu espiritual". A cura se dá não pelo combate à doença, mas pelas "sublimes vibrações" captadas pelo remédio de floral na natureza. Bach acreditava "que não há cura autêntica, sem que exista uma mudança de perspectiva, uma serenidade mental e uma felicidade interna".

A produção dos florais de Bach é feita de duas maneiras. O método do sol: as flores são colhidas no verão, em dia de sol e no período de sol a pino. As flores são colocadas em frasco com água colhida na primavera, no mesmo local. O frasco permanece ao sol por 2 a 4 horas. Bach acreditava que desta maneira, o sol transfere as suas vibrações às flores, tornando-as energeticamente impregnadas. As flores são então removidas dessa solução e misturadas ao álcool em porções iguais para a sua preservação. Bach utilizava "brandy" ou "whisky". O líquido é guardado em garrafas.

No tratamento a medicação é diluída em água. O outro método é o do cozimento ou fervura, sendo utilizado para as flores que não são colhidas ao sol. As flores são fervidas, filtradas e também conservadas em álcool. O floral é administrado por via oral, em gotas, sendo utilizadas formulações muito variadas.

Os Florais e Suas Indicações

Os florais estão indicados no tratamento do estresse, da depressão, medo, ansiedade, pânico, desespero, sentimentos de culpa, fadiga, cansaço mental, solidão, tristeza, insegurança, indecisão, ciúmes, ódio, mágoas, etc. O tratamento com florais também está indicado para uso em animais.

Existem 38 Essências Florais de Bach, preparadas a partir dos florais, cada uma para um estado emocional específico. Existe uma combinação de cinco florais de Bach designados para situações difíceis denominada "Rescue Remedy".

Trinta e sete florais são flores de arbustos e de árvores silvestres e um floral ("Rock Water") é feito com água pura de fonte. A escolha do floral ou dos florais a serem usados é feita em função do estado emocional da pessoa. São combinadas em um mesmo frasco até sete essências. O "Rescue Remedy" combina cinco essências.

As 38 Essências Florais de Bach:

AGRIMONY (AGRIMONIA) -rosácea. : ansiedade, infelicidade, tortura interna, violência.
ASPEN: medo, mau pressentimento, dor no peito, feitiçaria.
BEECH (FAIA): arrogância, intolerância, antipatia, onipotência.
CENTAURY: submissão, fraqueza, personalidade frágil.
CERATO: insegurança, falta de autoconfiança.
CHERRY PLUM (CEREJA): descontrole, tentativa de suicídio, movimentos incontroláveis, enurese noturna.
CHESTNUT BUD (CASTANHA): erros recorrentes, falta de memória, ignora o passado, não aprende com a experiência.
CHICORIA: pessoa dominadora, egoísmo, carente, quer mudar pessoas, mal amado, medo de ficar só, asma.
CLEMATIS (CLEMATITE): sonhador, mãos frias, fantasias, ilusões, ausência.Dificuldade de concretizar objetivos.
CRAB APPLE (MAÇÃ): resfriados, febre, obsessão por limpeza,
ELM (OLMO): fraqueza ocasional, inabilidade, falhas. "brancos". Sobrecarga de obrigações.
GENTIAN (GENCIANA): personalidade negativa, dúvida, depressão ocasional, sensação de vítima.
GORSE (TOJO): falta de esperança, doença crônica, "caso perdido".
HEATHER (URZE): falta de atenção, carência afetiva, narcisista, centrado em si mesmo.
HOLLY (AZEVINHA): raiva, ódio, inveja, coração de pedra, falta de senso de humor, mau humor.
HONEY SUCKLE: vive no passado, abandonado, órfão, saudoso, solitário, só lembra dos bons tempos.
HORNBEAM: exaustão mental, estafa, fadiga.
IMPATIENT: impaciente, solitário, medidas precipitadas.
LARCH: insegurança, esperando sempre falhar, sempre doente, inferiorizado.
MIMULUS: envergonhado, medo de solidão, detesta multidões, frieza, timidez.
MUSTARDA: depressão endógena, depressão sem causa, tristeza, TPM, tudo cinza.
OAK (CARVALHO): cansado, mas incansável, sem lazer, perseverante, "work aholics".
OLIVA: fadiga, cansaço extremo, queda de cabelos.
PINHO: complexo de culpa, insatisfação, acha que está sempre errado, problemas religiosos, tudo se deve ao destino.
RED CHESTNUT (CASTANHA VERMELHA): aborrece-se facilmente, preocupação excessiva, sempre imagina coisas ruins.
ROCK ROSE: pânico, terror, sensação de morte.
ROCK WATER: auto-exigente, perfeccionista, moralista, idealista, sensação de ser sempre reconhecido, rigidez, combate o prazer e a felicidade, fanatismo, vegetariano, etc.
SCLERANTUS: instabilidade, incerteza, ciclotimia, mudanças de comportamento.
STAR DE BETHLEHEM: traumas, choques, queimaduras, acidentes, frustrações. Depressão. Cicatrização.
SWEET CHESTNUT: angustia, tristeza, sentimentos de isolamento, medo de colapso.
VERVAIN: euforia excessiva, entusiasmo, luta pelos ideais, nunca desiste, não sabe relaxar.
VINE: dominador, líder, ambição, egocêntrico, vaidoso, sádico, dono da verdade, cruel com terceiros.
WALNUT: estados de transição: puberdade, viagens, doenças, crises, gravidez.
WATER VIOLET: solitário, reservado, arrogante, polido, problemas de relacionamento, fechado, não demonstra sentimentos.
WHITE CHESTNUT: obsessivo, pensamentos repetitivos, insônia, falta de concentração. Dificuldade em aprender com erros do passado.
WILD OAT: incerteza de qual caminho seguir, sempre mudando de objetivos, sempre procurando objetivos, cansaço.
WILD ROSE: apatia, resignação, impotência, desânimo.
WILLOW: Ressentimento, mágoa, amargura, ressentimento, autopiedade.
RESCUE REMEDY: É um combinado de flores, para ser utilizado em situações de urgência: acidentes, más notícias, choques, traumas, crises, tensão, enjôos, etc.

Bach dividiu as flores em 7 grupos:

Tratamento do medo: Rock rose, Mimulus, Cherry plum, Red chestnut, Aspen.
Tratamento do desespero: Larch, crab apple, pine, Elm, Sweet chestnut, Star of bethlehem, Willow, Oak.
Preocupação excessiva: Agrimony, Centaury, Walnut, Holly
Tratamento da incerteza, dúvida: Cerato, Sclerantus, Gentian, Gorse, Horn beam, Wild oat
Desinteresse: Clematis, Honey suckle, Wild rose, Olive, White chestnut, Mustard, Chestnut bud.
Tratamento da solidão: Water violet, Impatients, Heather
Tratamento de quem sofre pelos outros (influenciável): Chicory, Vervain, Vine, Beech, Rock water.

A Terapia Floral

A consulta é feita por terapeuta e dura 50 minutos. O terapeuta procura identificar o estado emocional da pessoa e orientá-la com o floral correto. As consultas são semanais e podem durar meses em função da evolução do estado emocional. A automedicação é permitida em pessoas com bom grau de autoconhecimento.

A essência é usada em gotas colocadas em água pura. A dose varia em cada situação, sendo utilizada em geral quatro gotas quatro vezes ao dia.

Os estados emocionais mais importantes são o medo, a incerteza, a insegurança, desinteresse, solidão, hipersensibilidade a influências externas, desespero, cuidado excessivo com outras pessoas.

A Fundação Edward Bach (The Dr Edward Bach Centre, Mount Vernon, Bakers Lane, Sotwell, Oxon, OX10 0PZ, Reino Unido) recomenda cursos do Programa Internacional Oficial de Educação Bach para a formação de terapeutas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária não considera Floral de Bach um medicamento ou droga. A sua comercialização não pode conter indicações terapêuticas com finalidades curativas ou preventivas.

Conceitos Atuais

Os Florais de Bach ajudam a ultrapassar os estados emocionais do dia a dia, mais em sintonia com as tendências de cura natural dos tempos atuais.

Os Florais de Bach, assim como outras formas de medicina natural, têm efeito através do tratamento dos sintomas das pessoas e não da doença. Atuam especificamente na condição emocional da pessoa afetada, deste modo, duas pessoas com a mesma queixa podem se beneficiar de Florais de Bach diferentes. Por exemplo, embora possam ambas sofrer de artrite, uma talvez esteja resignada à doença, enquanto a outra talvez esteja impaciente com a enfermidade, portanto diferentes Florais de Bach serão apropriados para cada caso.

O efeito, ao tomar-se as Essências Florais de Bach, não é de suprimir as atitudes negativas e sim de transformá-las em positivas, estimulando o próprio potencial de autocura da pessoa, libertando o sistema físico para empenhar-se completamente na luta contra a doença e o stress.

A pessoa não necessita de estar doente fisicamente para beneficiar dos Florais de Bach. É normal uma pessoa passar por períodos de dificuldades e fadiga, podendo originar a instalação de um estado de negativismo. Nestes momentos os Florais de Bach são fundamentais, restaurando o equilíbrio antes que os sintomas físicos apareçam.

As Essências Florais de Bach são únicas, simples de usar por qualquer pessoa. Não criam dependência e são encontrados em estabelecimentos que comercializam produtos de homeopatia e naturais.

É importante destacar que o tratamento com florais evidentemente não dispensa o tratamento médico.

Os florais podem ser utilizados juntamente com outras medicações alopáticas ou homeopáticas, ou outras formas de terapia tradicional ou natural, sem qualquer interferência negativa.

Os Florais de Bach Originais tem suas tinturas-mãe produzidas pelo Dr. Edward Bach Centre em Inglaterra, exatamente de acordo com os métodos tradicionais criados pelo Dr. Edward Bach. Os frascos das essências originais contêm o carimbo do Bach Centre.

Florais e o Mundo Científico

Os Florais de Bach não são reconhecidos pela comunidade científica como método terapêutico. Há inúmeros trabalhos publicados em revistas cientificas sobre o assunto, relatando resultados de análises científicas realizadas com os florais. Os trabalhos seguem os critérios científicos atuais e indicam a ineficiência dos florais no tratamento de estados ansiosos. Alguns trabalhos indicam efeito terapêutico devido à sugestão.

Copyright © 2007 Bibliomed, Inc.                                        29 de novembro de 2007



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: