Publicidade

Artigos de saúde

Mamografia

Neste artigo:

- Definição
- Quando é usado?
- Que providencias devem ser tomadas para o exame?

- O que acontece durante o procedimento?
- O que acontece depois do procedimento?
- Quais são os benefícios deste procedimento?

- Quais são os riscos a este procedimento?
- Orientação

Definição

Mamograma é um exame radiológico que examina o tecido da mama.

Quando é usado?

A mamografia é útil para detectar o câncer de mama em fase inicial podendo descobrir alguns tipos de cânceres antes de você ou até mesmo antes de seu médico poder sentir um nódulo. O mamograma também pode ser usado parar conferir um nódulo achado num exame físico ou no auto-exame. Eles podem ajudar a determinar quais nódulos são cancerosos e quais são benignos. Porém, todo nódulo suspeito deveria passar por biopsia ou removido, até mesmo quando o nódulo parece benigno no mamograma que pode mostrar exatamente onde o nódulo está localizado na mama antes da cirurgia ou da biópsia para removê-lo.

Que providencias devem ser tomadas para o exame?

Esteja seguro que suas axilas e tórax estejam limpos. Não use qualquer desodorizante ou perfumes no dia do exame. Estes produtos podem dificultar a interpretação do exame.

O que acontece durante o procedimento?

O mamograma é feito no consultório médico ou em uma clínica radiográfica. Será solicitado que retire sua camisa e sutiã. O técnico usará uma máquina grande para realizar as radiografias de cada mama. O procedimento geralmente leva só alguns minutos e normalmente não é doloroso. Porém, sentirá um pouco de pressão quando as mamas forem apertadas entre os dois pratos para as radiografias, podendo doer um pouco por algum tempo. Cada posição para fazer a radiografia requer alguns segundos.

O que acontece depois do procedimento?

Pergunte ao seu médico como ficará sabendo os resultados e quando você deverá fazer outro mamograma. Comparar uma série de mamogramas feitos em momentos diferentes (por exemplo, cada ano) no mesmo consultório ou clínica pode facilitar o diagnóstico do câncer precoce. A Sociedade Americana de Câncer recomenda que se você possuir entre 35 e 39 anos, deve programar um mamograma básico de prevenção. A partir dos 40 anos de idade, deve realizar um mamograma a cada 2 anos. E se e você possuir 50 anos ou mais, deve realizar um mamograma a cada ano. E ainda, se possuir risco de câncer de mama, mais cedo e mais freqüente o mamograma é recomendado. Seu médico deverá fazer um exame de mama todo ano.

Quais são os benefícios deste procedimento?

A mamografia irá ajudar o médico a diagnosticar várias alterações da mama freqüentemente diagnosticando o câncer de mama numa fase inicial. Uma a cada oito mulheres nos E.U.A. desenvolverá câncer de mama durante sua vida. Quanto mais bem localizado e menor for o tumor na hora do diagnóstico e tratamento, maior será a probabilidade de cura. O mamograma permite o diagnóstico de alguns tipos de câncer de mama de 1 a 2 anos antes do médico ou do paciente poder senti-lo no auto-exame. Há uma chance melhor de cura se o câncer for diagnosticado em fase inicial.

Quais são os riscos a este procedimento?

Não há nenhum risco significativo conhecido do mamograma se for seguido o protocolo habitual. Discuta qualquer preocupação que possa ter com seu médico.

Procure ajuda médica se:

Achar qualquer mudança em suas mamas no auto-exame, especialmente se encontrar um nódulo ou se tiver alguma dúvida.

Desenvolvido por Phyllis G. Cooper, R.N., M.N., e Clinical Referencce Systems.
Copyright © 1998 Clinical Referencce Systems



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: