Artigos de saúde

Exames Masculinos Periódicos

© Equipe editorial Bibliomed

Neste artigo:

- Introdução
- Exames de sangue
- Exames da próstata
- Colonoscopia
- Autoexame testicular
- Exames de urina
- Exames cardiovasculares
- Densitometria óssea
- Detecção de Doenças Sexualmente Transmissíveis

Introdução

Para se garantir que a saúde está em dia, ou ainda detectar problemas em fase inicial, é importante a realização de exames periódicos. Esses variam conforme idade, histórico médio do paciente e de familiares, bem como o estilo de vida.

Com o avançar da idade, há uma tendência à redução de massa muscular e aumento de tecido gorduroso, deixando o metabolismo mais lento, o que, em consequência, aumenta a probabilidade de os níveis de colesterol, triglicérides e glicemia aumentarem. A idade aumenta, também, as chances de desenvolvimento de cânceres e doenças cardiovasculares.

Exames de sangue

Os exames de sangue têm por objetivo verificar as taxas de glicose, colesterol, triglicerídeos, ácido úrico e creatinina, além do hemograma completo. A indicação é que seja feito, pelo menos, uma vez ao ano, ou de acordo com orientação médica.

Os exames de sangue permitem avaliar a saúde geral do paciente e, também, a diagnosticar distúrbios como anemia, doenças autoimunes, diabetes e leucemia. Dependendo dos resultados desses exames, o médico pode pedir outros exames, como exames mais detalhados de sangue ou de imagem.

Exames da próstata

Indicado para homens a partir dos 40 anos, os exames da próstata podem ser solicitados pelos médicos a homens com idade inferior em caso de histórico familiar para câncer de próstata. O exame tem por objetivo avaliar a próstata e é realizada por toque retal, onde o médico verifica o tamanho da glândula, e pelo exame de sangue PSA (Antígeno Prostático Específico), que é uma proteína que é produzida pelo tecido prostático e que pode indicar a formação de tumores na próstata.

Colonoscopia

A colonoscopia é uma técnica de vídeo utilizada para analisar a mucosa intestinal, buscando alterações ou feridas que possam indicar cânceres no reto ou intestino grosso. Geralmente, os médicos pedem este exame rotineiramente após os 50 anos de idade, mas, em casos específicos, podem pedir a pacientes mais jovens.

Autoexame testicular

O autoexame do testículo é feito pelo próprio homem, apalpando os testículos para identificar alterações. Em casos de feridas, nódulos, inchaços e vermelhidão, deve-se procurar ajuda médica. Recomenda-se que o homem crie o hábito de se autoexaminar após a puberdade.

Exames de urina

Geralmente solicitado junto ao exame de sangue, os exames de urina podem ajudar no diagnóstico de problemas renais e no trato urinário, além de outros males sistêmicos, como alguns tipos de anemia e especialmente o diabetes. Podem ajudar a identificar, também, infecções e, em casos de gestantes, risco de pré-eclampsia.

Exames cardiovasculares

Doenças cardiovasculares podem surgir com a idade, especialmente em pacientes com histórico familiar ou que não adotaram um estilo de vida saudável ao longo dos anos. Por isso, exames cardiovasculares são necessários para avaliar a função cardíaca e vascular, identificando problemas em fase inicial ou ajudando no controle desses. Entre os exames mais comuns estão aferição da pressão arterial, teste ergométrico, ecocardiograma e ultrassom do coração. Existem ainda outros exames que podem ser solicitados pelo médico caso julgue necessário.

Densitometria óssea

A densiometria óssea tem pode objetivo avaliar a constituição do osso para identificar a osteoporose, que é uma doença sem sintomas claros e que pode comprometer a qualidade de vida e a saúde de idosos. Indicado para pacientes com mais de 50 anos, o exame pode ser solicitado a pacientes mais jovens dependendo do histórico familiar.

Detecção de Doenças Sexualmente Transmissíveis

Toda pessoa com vida sexual ativa, mesmo que se previna, deve realizar exames periódicos para detecção de doenças sexualmente transmissíveis. Muitas doenças como o HIV, sífilis e a hepatite C, podem passar anos sem apresentar sintomas, o que torna a identificação delas muito difícil sem a realização de exames sorológicos. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece gratuitamente a realização desses exames, tanto nos Centros de Testagem e Aconselhamento (confira os endereços AQUI) ou nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Copyright © Bibliomed, Inc. 18 de outubro de 2019.