Publicidade

Artigos de saúde

Por Que o Bebê Troca o Dia Pela Noite ?

O recém-nascido acabou de se mudar de um mundo onde nem o dia, nem a noite, eram bem delimitados. No ventre ele percebia apenas variações de intensidade de luz, movimentos e sons. É natural que leve algum tempo para se acostumar com nossos horários.

A distinção entre dia e noite só se forma após o segundo ano de vida, mas o biorritmo de dormir à noite e permanecer acordado a maior parte do dia já pode ser mantido a partir do segundo mês de vida.

Observe se o seu bebê troca mesmo o dia pela noite ou se dorme após o banho, a ponto de pular uma mamada e depois fica com cólicas até as tantas da noite. Caso isso aconteça, mude o horário do seu banho diário.

Quando a criança passa longos períodos acordada durante a noite e dorme a maior parte do dia, diz-se que ela troca o dia pela noite. Na verdade, ela apenas está respondendo aos estímulos ou à ausência deles, durante esses períodos, denunciando alguma dificuldade com a mamada da madrugada, ou revelando preferências e traços de sua personalidade.

Existem bebês que gostam de bastante movimento e estranham o silêncio da noite. Outros ficam assustados e se sentindo abandonados, quando ninguém aparece para atendê-los.

Cada bebê já nasce com sua personalidade. Se ele gosta de dormir limpinho, passe a dar dois banhos por dia. Assim ele já vai acostumar ao horário certo. Isso organiza a rotina da criança e o ritmo da casa.

Temos observado que famílias com hábitos de vida regulares, que se alimentam, dormem e acordam em horário preestabelecido, tendem a possuir bebês que dormem mais durante à noite.

Acordar durante a madrugada é normal até os dois anos. Atenda assim que perceber que ele acordou. Mude fraldas e, se houver passado mais de duas horas e meia desde a mamada anterior, alimente-o. Espere arrotar bastante, verifique se precisa mudar fraldas de novo e deite-o com a barriguinha para cima. Não coloque o bebê em sua cama, faça tudo que seja necessário, mas volte a coloca-lo no berço.

Ao amamentar, confira se o bebê está mesmo engolindo leite ou se está apenas "fazendo o seio de chupeta". Caso seu bebê se mostre irritado durante a mamada da madrugada, mesmo que o seio esteja cheio, verifique se o leite está saindo bem.

Atendê-lo bem, com tranqüilidade e boa vontade, independente do sono e do cansaço que você possa estar sentindo e da hora que seja, é a melhor forma de garantir-lhe o sono das próximas horas. E o equilíbrio emocional dele e o seu.

Algumas mamães esquecem que amamentar consome parte de suas energias e querem continuar dando conta de tudo como antes do bebê nascer, e ainda por cima cuidar dele, dar de mamar e receber as visitas com lanches deliciosos. Claro que algumas dessas coisas podem acabar não saindo direito. Se acontecer da mamãe assumir um tanto de compromissos com a casa, ou passar por muitos aborrecimentos durante o dia, a produção de leite tem mais esse motivo para diminuir durante a noite.

Dependendo da sobrecarga a que a mulher seja submetida, o leite pode até mesmo secar. Se sua produção de leite diminuir durante a noite, dê uma mamadeira e vá dormir, sem culpas. Amanhã cuide de resolver as coisas de outra maneira, para chegar ao fim do dia sentindo-se melhor e com mais leite nos seios.

Sempre que possível, a mamãe deve repousar durante o dia, e ser poupada durante a noite. Principalmente no primeiro mês, quando ainda está convalescendo do parto.

É importante lembrar que todo choro passa mais rápido se for atendido no início. Durante a noite, também, é bom atender assim que o bebê solicitar.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.           Revisado 26 de Outubro de 2006



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: