Notícias de saúde

Efeitos do uso de maconha durante a tentativa de engravidar

03 de março de 2021 (Bibliomed). O uso de maconha antes da concepção foi associado à fecundabilidade reduzida entre mulheres com história de perda de gravidez durante tentativas de gravidez, apesar do aumento da frequência de relações sexuais.

O uso de cannabis continua a aumentar, apesar das evidências limitadas de segurança durante as janelas críticas do estabelecimento da gravidez. Embora os estudos existentes sugiram que o autorrelato do uso de cannabis não está associado à fecundabilidade, o autorrelato pode não ser confiável.

Em um novo estudo, pesquisadores examinaram se e como o uso de maconha, avaliado por meio de metabólitos urinários e autorrelato durante a pré-concepção, associa-se à fecundabilidade, nascimento com vida e perda de gravidez. Eles conduziram um estudo de coorte prospectivo incluindo 1.228 mulheres com idade entre 18 e 40 anos com histórico de perda de gravidez. Essas mulheres foram acompanhadas por até seis ciclos durante a tentativa de gravidez (2006 a 2012) e durante a gravidez, caso tenham concebido.

O uso de maconha pré-concepção foi identificado em 5% (62/1.228). De acordo com as descobertas, houve correlação do uso de cannabis antes da concepção com a fecundabilidade diminuída entre mulheres com histórico de perda de gravidez tentando engravidar, apesar do aumento da frequência de relações sexuais.

Fonte: Human Reproduction. DOI: 10.1093/humrep/deaa355.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários