Notícias de saúde

Modelo de olho de baixo custo pode ser utilizado para o ensino de retinoscopia e fundoscopia

27 de setembro de 2017 (Bibliomed). Estudo apresentado no 61º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, que ocorreu de 06 a 09 de setembro no Ceará, Brasil, teve como objetivo criar uma ferramenta de fácil aceso e fabricação, para o ensino e treinamento de alunos de medicina, na técnica de fundoscopia direta, e na compreensão da física e anatomia ocular.

Desenvolvido por pesquisadores da Clinica Santa Maria e da Pontificia Universidade Catolica De São Paulo (PUC SP), o estudo testou diversos materiais até conseguir construir um modelo de olho a partir de materiais disponíveis na internet.

No modelo construído foram utilizados: Bola de plástico (pokebola -pokeball) preço R$1,50 (mercado livre); Bola de plástico (pokebola) R$0,50 (mercado livre); Conjunto de fixação assento sanitário R$ 4,0 0 (lojas de construção); Kit redutor de vazão de água R$ 3,50;  Kit lentes celular R$5,00.

A bola de plástico (pokebola) utilizada para simular o globo ocular mede 2,5 cm de diâmetro, o que corresponde ao tamanho médio do globo ocular, e vem dividida ao meio, o que possibilita o trabalho interno. Nela, foi feito um furo de 10 mm de diâmetro no meio onde corresponde o posicionamento da córnea e na parte posterior onde corresponderia à saída o nervo óptico. No furo que corresponde à posição da córnea, foi colado o redutor de vazão que corresponde ao íris e onde colocou-se a lente macro do kit de lentes de celular, que corresponde ao cristalino. Para construir a retina, utilizou-se a metade da segunda pokebola (que é um pouco menor que a primeira), no meio da qual colocou-se o parafuso do conjunto de fixação do vaso sanitário. A porca que acompanha o conjunto foi colocada na pokebola que faz a vez de globo ocular, possibilitando mudar o diâmetro axial do modelo conforme parafusa-se o desparafusa-se o parafuso.

Como resultado final, o modelo construído apresentou características físicas equivalentes a um olho emétrope. Como os modelos de retina são facilmente cambiáveis, o modelo criado, cujo custo total do foi de aproximadamente R$15,00, pode ser utilizado por alunos de medicina para que eles possam desenhar as estruturas básicas da retina normal nos estudos de retinoscopia e fundoscopia.

Fonte: 61º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, 06 a 09 de setembro, Ceará, Brasil

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários