Publicidade

Notícias de saúde

Parto prematuro é a segunda causa de morte entre crianças pequenas

03 de outubro de 2012 (Bibliomed). Apesar de todo avanço da medicina, um estudo da Organização Mundial da Saúde mostrou que, anualmente, 15 milhões de crianças nascem antes do tempo no mundo. No Brasil ocorrem cerca de 279 mil partos prematuros a cada ano, o que faz com que o país seja o décimo colocado entre aqueles com maior número de casos desse tipo de parto.

Uma criança é considerada prematura quando nasce antes de 37 semanas completas de gestação. As causas mais comuns para essa condição são gravidez de múltiplos (quando a mãe espera mais de um feto ao mesmo tempo), sangramento vaginal persistente, predisposição genética, incompetência istmocervical (quando a gestante apresenta dilatação do colo do útero já nos primeiros meses de gestação), distúrbios emocionais e infecções, além de fatores socioeconômicos.

Os bebês prematuros podem sofrer grave risco de mortalidade neonatal, além de desenvolver problemas de saúde como síndrome do desconforto respiratório e hemorragia intracraniana. As crianças podem, ainda, apresentar algumas dificuldades ao longo de seu desenvolvimento.

Os médicos podem usar tratamentos para aumentar o tempo de gestação, como evitar infecções, usar de medicamentos e, em alguns casos, uma cirurgia chamada cerclagem, na qual é feito um ponto em volta do colo do útero que deixa o local fechado até o dia do parto.

Fonte: Máquina Comunicação Corporativa Integrada, 28 de setembro de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: