Publicidade

Notícias de saúde

Traumas de infância podem aumentar risco para dependência química

06 de setembro de 2012 (Bibliomed). Pesquisadores da Universidade de Cambridge afirmam que traumas de infância podem levar ao desenvolvimento de personalidade impulsiva e compulsiva. Publicado na revista especializada American Journal Psychiatry, o estudo teve como objetivo identificar os fatores de risco que tornam uma pessoa mais vulnerável a desenvolver dependência de drogas.

Os pesquisadores examinaram 50 adultos com dependência de cocaína juntamente com os seus irmãos e irmãs biológicos que nunca abusaram de drogas. Todos os participantes foram submetidos a extensas avaliações de suas personalidades, incluindo suas formas de sentir e pensar. Foram analisados, também, relatos de experiências negativas que os participantes possam ter tido na infância (incluindo o abuso físico, emocional ou sexual).

Os resultados mostraram que, mesmo quando irmãos passam por experiências negativas semelhantes, todos podem desenvolver comportamentos compulsivos, mas nem todos se tornam dependentes químicos.

Agora, os pesquisadores querem explorar a forma como os irmãos que não abusam de drogas conseguiu lidar com seus traumas de infância e suas personalidades altamente impulsivas e compulsivas, a fim de entender o que faz com que alguns resistam ao vício enquanto outros não conseguem. Dessa forma, os cientistas acreditam ser possível criar intervenções terapêuticas mais eficazes para aqueles que querem vencer a dependência.

Fonte: EurekAlert!, 31 de agosto de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: