Publicidade

Notícias de saúde

Cacau pode ajudar no tratamento de transtornos cognitivos leves

17 de agosto de 2012 (Bibliomed). O cacau é uma fruta rica em flavonóides, um ingrediente capaz de melhorar o comprometimento cognitivo leve em idosos. A afirmação é de pesquisadores italianos da Universidade de L’Aquila, que realizaram um estudo com 90 idosos que apresentavam transtornos cognitivos leve.

Os idosos foram divididos em grupos que consumiram diariamente uma bebida feita à base de cacau e rica em flavonóides por oito semanas. Um grupo consumiu 990 miligramas quer (0,035 gramas) da bebida, outro 520 mg (0,018 gramas) e o terceiro 45 mg (menos de 0,002 gramas).

A função cognitiva dos voluntários foi avaliada através de testes neuro-psicológicos da função executiva, memória operacional, memória de curto prazo, memória de longo prazo episódica, a velocidade de processamento e cognição global.

Após o consumo da bebida, observou-se que os resultados dos testes melhoraram significativamente, especialmente na capacidade de relacionar estímulos visuais com as respostas motoras, a memória de trabalho, de substituição de tarefas e memória verbal no grupo de pacientes que consumiu bebidas com médias e altas doses de flavonóides.

Além disso, os participantes que consumiam as bebidas com altas dosagens de flavonóides apresentaram melhores resultados cognitivos globais, maior sensibilidade à insulina, menores pressão arterial e estresse oxidativo que os que bebiam o líquido com baixo nível da substância.

Segundo os pesquisadores, o estudo indica que o consumo de cacau deve ser incluído em uma dieta balanceada pois pode ajudar a melhorar a função cognitiva dos idosos, além de melhorar a sensibilidade à insulina e trazer benefícios cardiovasculares como efeito secundário.

Fonte: UPI, 14 de agosto de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: