Publicidade

Notícias de saúde

Crianças obesas têm fatores de risco cardiovascular

26 de julho de 2012 (Bibliomed).  Dentre as crianças obesas, cerca de dois terços têm pelo menos um fator de risco cardiovascular.

Pesquisadores holandeses desenvolveram um estudo com dados de todo o país entre os anos de 2005 e 2007. Eles pediram aos pediatras da Holanda que reportassem todos os casos de obesidade infantil entre crianças de 2 a 18 anos.

Para isso, os pediatras deviam completar um questionário relativo a cada criança obesa, abordando características sociodemográficas e riscos cardiovasculares, como pressão sanguínea, glicemia de jejum e lipídios no sangue.

Cerca de 90% dos pediatras completaram os questionários, e os pesquisadores encontraram 500 crianças com diagnósticos de obesidade severa.

Os pesquisadores descobriram que dentre esse grupo, 67% das crianças tinham pelo menos um fator de risco cardiovascular. 56% tinham pressão alta, 14% tinham alto nível de glicose no sangue, 0,7% tinham diabetes tipo 2 e cerca de 54% tinham baixos níveis de lipoproteína de alta densidade (o tipo bom de colesterol). Além disso, 62% das crianças severamente obesas com 12 anos ou menos tinham um ou mais fatores cardiovasculares.

A pesquisa foi publicada no periódico Archives of Disease in Childhood.

Fonte: UPI, 24 de julho de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: