Publicidade

Notícias de saúde

Mulheres que têm medo de dar à luz têm partos mais duradouros

29 de junho de 2012 (Bibliomed). Mulheres que têm medo de passarem pela experiência do parto têm que lidar com uma notícia ruim – para elas, o parto leva 47 minutos a mais do que para mulheres que não têm medo de dar à luz.

A descoberta foi feita por pesquisadores noruegueses que analisaram mais de 2.000 mulheres. Este estudo é um dos primeiros a observar a relação entre o medo do parto e a duração do procedimento.

No estudo, a duração padrão do parto para participantes que não tinham medo do procedimento foi de seis horas e 28 minutos, comparados a oito horas para mulheres que tinham esse sentimento.

Apesar da duração do procedimento, a maioria das mulheres foi capaz de realizar partos vaginais, o que faz com que os pesquisadores afirmem que a cesariana eletiva não deve ser rotineiramente recomendada.

Uma possível explicação para esse acontecimento é que a ansiedade e o medo aumentam a concentração no sangue de hormônios chamados de catecolaminas. Eles enfraquecem a habilidade de contração do útero, dificultando o parto.

Ainda é cedo demais para que os cientistas afirmem o que os dados significam para as mulheres. Partos de longa duração são indesejáveis, devido ao aumento de desconforto da mãe e de necessidade de invertenções, como o uso do fórceps e da cesariana.

A pesquisa foi desenvolvida na Universidade Akershus e publicado no periódico BJOG: Na International Journal of Obstetrics and Gynaecology.

Fonte: Live Science, 26 de junho de 2006

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: