Publicidade

Notícias de saúde

Câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os brasileiros

28 de junho de 2012 (Bibliomed). Considerado como um tumor de alta incidência na terceira idade, o câncer de próstata vai atingir, segundo previsão do Instituto Nacional do Câncer (INCA), mais de 60.000 brasileiros neste ano. No mundo, cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos, sendo o segundo tipo de câncer mais comum eles, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma.

A incidência da doença vem aumentando no país. Em 2010 foram estimados 52.350 casos. Segundo especialistas, esse aumento é parcialmente justificado pela melhora dos métodos de diagnósticos e pela ampliação na expectativa de vida. Em alguns casos, há o registro de um crescimento rápido espalhando-se para outros órgãos (metástase), podendo levar à morte. No entanto, na maioria dos registros, o câncer cresce de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do indivíduo.

Como o câncer de próstata não apresenta sintomas nas fases iniciais, o paciente só tende a perceber que há algo de errado quando passa a ter problemas para urinar, como jato urinário fraco ou aumento do número de micções. Como esses sintomas podem indicar outros problemas, é importante que o homem procure um urologista logo que surjam os primeiros sinais.

O tratamento para o câncer de próstata varia conforme o tamanho e classificação do tumor e a idade do paciente. Os tratamentos existentes são: prostatectomia radical (remoção cirúrgica da próstata), radioterapia, hormonioterapia e quimioterapia. Para os pacientes idosos e com tumor de evolução mais lenta, geralmente utiliza-se acompanhamento clínico com tratamentos menos invasivos como opção.

Fonte: Máquina Comunicação Corporativa Integrada, 26 de junho de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: