Publicidade

Notícias de saúde

Casos de câncer de pele aumentam entre os jovens norte-americanos

10 de abril de 2012 (Bibliomed). Estudo realizado pela Clínica Mayo, nos Estados Unidos, mostra que o número de casos de câncer de pele entre os jovens norte-americanos está aumentando. De acordo com os especialistas, duas possíveis causas para isto são a falta de aplicação do protetor solarem crianças e o crescimento dos centros de bronzeamento artificial.

As mulheres estão sendo mais afetadas pelo câncer de pele, já que entre 1970 e 2009, as taxas de melanoma aumentaram oito vezes entre as mulheres e quatro vezes entre os homens, especialmente entre aqueles entre 20 e 30 anos.

A boa notícia é que o número de mortes decorrentes da doença diminuiu no mesmo período. No entanto, os pesquisadores acreditam que uma maior intervenção seria capaz de diminuir os casos e ainda mais as mortes.

Segundo Jerry Brewer, autor da pesquisa, não existe um bronzeamento totalmente saudável e que os jovens ainda não compreenderam totalmente o perigo dessa prática. "Mesmo quando os jovens têm uma compreensão maior dos efeitos prejudiciais do bronzeado, ainda não mudaram seu comportamento e se expõem ao sol tanto ou mais do que se fazia nos anos 80", acrescenta.

De acordo com o autor, mesmo que o estudo realizado por sua equipe não tenha se concentrado nas razões que aumentam os casos, outras pesquisas mostram que pessoas que usam centros de bronzeamento têm 74% mais chances de contrair melanomas do que aqueles que não se bronzeiam.

Fonte: Prontuário de Notícias, 04 de abril de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: