Publicidade

Notícias de saúde

Hábitos de saúde ruim na adolescência podem encurtar a vida

03 de fevereiro de 2012 (Bibliomed). Estudo envolvendo 5.500 adolescentes norte-americanos mostrou que grande parte dos jovens cultiva péssimos hábitos, o que pode lhes custar alguns anos a menos de vida.

Realizado na Northwestern University Feinberg School of Medicine, o estudo levou em consideração fatores de risco para doenças cardíacas, e mostrou que muitos adolescentes apresentavam elevadas taxas de açúcar no sangue, praticavam pouca atividade física e fumavam. A dieta adota pelos jovens eram ricas em sódio e bebidas adoçadas com açúcar, mas pobre e frutas, verduras e legumes, fibras e proteína magra.

Segundo os pesquisadores, a tendência com o passar da idade e o aumento de peso, o que pode desencadear uma série de problemas de saúde. Por isso, é tão importante cuidar da alimentação desde cedo. “Nossos adolescentes estão comendo muito mal, e isso é alarmante. Devemos mudar essa alimentação enquanto ainda há tempo, senão, os prejuízos à saúde poderão ser desastrosos”, diz Donald Lloyd-Jones, coordenador da pesquisa.

De acordo com o pesquisador, crianças e adolescentes devem ingerir o equivalente a quatro ou cinco xícaras de frutas e vegetais por dia, quantidade que deve ser aumentada caso pratique alguma atividade física de esforço, como espores, por exemplo. Cada xícara equivale a uma maça média ou um tomate grande.

Fonte: UPI, 2 de fevereiro de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: