Publicidade

Notícias de saúde

Crianças obesas podem desenvolver problemas cardíacos aos três anos de idade

15 de dezembro de 2011 (Bibliomed). Esse conceito é novo, já que muitas pessoas imaginam que os problemas de saúde de crianças obesas se manifestarão clinicamente mais tarde. Um estudo desenvolvido na Universidade de Miami avaliou a relação entre o excesso de peso e doenças cardiovasculares através de dados de saúde de 3644 crianças entre três e seis anos de idade.

Estudos anteriores detectaram problemas como os citados acima em crianças maiores que oito anos. “Nós estamos vendo muitas crianças correndo riscos de se tornarem diabéticas, e isso pode acontecer nos seus 20 anos ao invés de nos 40”, diz Sarah Messiah, pesquisadora da Universidade de Miami.

O estudo mostrou também que existem diferenças marcantes na forma como a obesidade afeta crianças de diferentes grupos étnicos. Em garotos hispânicos ou negros de seis anos de idade e em garotas de cinco dessas mesmas etnias, os que apresentavam índice de massa corporal e circunferência da cintura altos tinham níveis de inflamação mais elevados. Meninas hispânicas de três anos e meninos dessa etnia de cinco, com índice de massa corporal e circunferência da cintura elevados, tinham níveis reduzidos de colesterol bom, o HDL.

“Existe uma ligação clara entre o peso e o risco cardiovascular. Quando um médico vê uma criança acima do peso aos três anos, ele tem que falar com os pais sobre isso. Os processos de saúde negativos não (surgirão) vinte anos depois – eles já estão começando”, alerta Messiah.

A pesquisa foi publicada no periódico Obesity.

Fonte: ACC CV News Digest 12 de dezembro de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: