Publicidade

Notícias de saúde

Como bebês escolhem quem imitar?

13 de dezembro de 2011 (Bibliomed). Bebês frequentemente imitam expressões faciais dos adultos ao seu redor, mas um novo estudo mostra que essas imitações não são feitas aleatoriamente. Os bebês parecem imitar apenas os adultos que eles veem como mais confiáveis. Pessoas que já haviam demonstrado comportamentos desonestos com os bebês tinham menos chances de serem imitados por eles.

Em um experimento, 60 bebês entre 13 e 16 meses de idade foram divididos em dois grupos. Adultos olhavam para dentro de uma caixa e faziam expressões faciais de empolgação, levando as crianças a acreditarem que dentro da caixa havia um brinquedo. O primeiro grupo era formado por adultos “desonestos”, que mostravam caixas vazias para os bebês. Já o segundo grupo foi formado por adultos “confiáveis”, cujas caixas continham brinquedos.

Em um segundo experimento, os bebês observavam o mesmo adulto do experimento anterior acender uma lâmpada com a testa. O bebê devia imitar o comportamento dessa pessoa. 61% das crianças imitaram os adultos que faziam parte do grupo confiável, sendo que apenas 34% imitaram pessoas do grupo desonesto.

“Isso mostra que crianças irão imitar o comportamento de um adulto confiável. Em contraste, o mesmo comportamento demonstrado por um adulto que não é confiável é interpretado como irracional ou não eficiente, portanto, que não vale a pena ser imitado”, explica a pesquisadora Ivy Brooker, do Concordia Department of Psychology.

O estudo foi publicado no periódico Infant Behavior and Development.

Fonte: Live Science 11 de dezembro de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: