Publicidade

Notícias de saúde

Isquemia silenciosa pode atacar jovens

14 de setembro de 2011 (Bibliomed). Pesquisadores norte-americanos descobriram que fatores de risco tradicionais são preditores de isquemia silenciosa em pessoas mais jovens. Acredita-se que a idade seja o maior preditor da doença, em especial, em pessoas acima de 74 anos.

O estudo mostrou que, em pacientes assintomáticos em histórico de doença arterial coronariana (DAC), a prevalência de isquemia silenciosa aumentou com fatores de risco crescente. No entanto, fatores como idade, hipertensão, diabetes e tabagismo apenas sugeriram a isquemia silenciosa em pacientes com menos de 74 anos.

"Quando os doentes são encaminhados para testes de estresse, sabemos que uma minoria deles é predisposta para a doença, embora boa parte dos indivíduos seja assintomática para DAC," diz Saurabh Malhotra, cientista no Krannert Institute of Cardiology. "Na maioria das vezes, eles são chamados, por outros fatores de risco para DAC", completa.

Participaram do estudo 1.354 pacientes submetidos à perfusão miocárdia de estresse (SPECT), teste ergométrico ou famacológicos entre janeiro de 2004 e maio de 2007. Os pacientes não apresentavam sintomas, não tinham histórico de DAC ou arritmias ventriculares, e não se queixavam de falta de ar.

Através de um exame de hallium/stress technetium-99m sestamibi protocol, foi possível identificar isquemia silenciosa em pacientes cuja pontuação somada teve diferença igual ou superior a 2. Dos mais de 1.300 pacientes, apenas 97 (7,2%) apresentaram isquemia em SPECT.

Fonte: Medpage Today, 10 de setembro de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: