Publicidade

Notícias de saúde

Alimentação compulsiva é influenciada pelo ambiente

12 de setembro de 2011 (Bibliomed). O hábito de comer certos alimentos em determinadas situações (como assistindo televisão ou um filme no cinema) pode fazer com que a pessoa coma de forma compulsiva, mesmo se já estiver satisfeita ou o se o alimento estiver ruim.

Esse tipo de comportamento pode trazer problemas como a obesidade e dificultar o estabelecimento de bons hábitos alimentares, mas pesquisadores acreditam que atitudes simples podem ajudar as pessoas a controlarem melhor a alimentação nessas situações.

“Quando nós comemos repetidamente uma comida particular em um ambiente particular, nossos cérebros passam a associar a comida com aquele ambiente e fazem com que nós continuemos a comer enquanto aquelas pistas ambientais estiverem presentes”, explica David Neal, pesquisador da University of Southern California (EUA) que participou de um estudo sobre esse tema.

Em um experimento, voluntários foram recrutados para assistirem a um filme em um cinema. Todos receberam pipoca, mas alguns receberam pacotes de pipoca fresca enquanto outros receberam pacotes de pipoca velha. Os participantes que tinham o hábito de comer pipoca em cinemas comeram a mesma quantidade do alimento, independentemente de a pipoca estar fresca ou passada.

“As pessoas acreditam que o comportamento de alimentação é principalmente ativado por como é o gosto da comida. Ninguém gosta de pipoca fria, esponjosa, feita a mais de uma semana. Mas uma vez que nós já formamos um hábito alimentar, nós não nos importamos mais se o gosto da comida está bom. Nós comeremos exatamente a mesma quantidade, estando ela fresca ou passada”, explica Wendy Wood, pesquisadora que também participou do estudo.

Para impedir a alimentação compulsiva, os pesquisadores acreditam que não é necessário mudar o ambiente. Apenas mudar o padrão da alimentação automática seria o suficiente para fazer com que o indivíduo fique mais consciente do que come. Atitudes como trocar a mão utilizada para comer (passando a usar a mão não dominante) poderia exercer um efeito forte no controle da alimentação.

Fonte: Live Science 6 de setembro de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: