Publicidade

Notícias de saúde

FMI Prevê Graves Efeitos Econômicos da Aids na África

PRAGA (Reuters) - A África Meridional está sofrendo grandes prejuízos econômicos com a epidemia da Aids. A doença devasta a região, que precisará de ajuda internacional para minorar o problema, afirmou o Fundo Monetário Internacional em sua última Perspectiva Econômica Mundial.

De acordo com o FMI, os custos -- que, segundo alguns estudos, vão provocar uma queda nas taxas de crescimento econômico anual de um a dois pontos percentuais -- irão exacerbar o sofrimento humano e a disparidade social, além do risco de um círculo vicioso de pobreza e doença.

"O problema do HIV/Aids na África Meridional já é de grande dimensão e...é claro que estes países vão precisar de assistência externa considerável para resolver a questão", de acordo com o relatório.

"Para prevenir que a situação se deteriore no futuro, será crucial reduzir a taxa de novas infecções", disse o FMI, citando algumas medidas preventivas de sucesso em Uganda e Senegal.

De acordo com o FMI, em 2010, o produto interno bruto (PIB) per capita nos países mais atingidos pela Aids pode ser 5 por cento menor do que seria sem os efeitos da doença.

"A epidemia cria um círculo vicioso reduzindo o crescimento econômico que leva ao aumento da pobreza que, por sua vez, facilita a rápida disseminação do HIV/Aids à medida que os alimentos e o gasto com saúde diminuem, o que reduz, portanto, a resistência a infecções oportunistas", afirma o relatório.

O FMI afirmou que a doença afeta a economia em todos os aspectos. As consequências têm um impacto direto na força de trabalho, além de afetar o orçamento do governo com o custo de assistência à saúde adicional e redução no montante do dinheiro destinado a poupanças no país.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: