Publicidade

Notícias de saúde

Nova Vacina Contra Malária é Testada na Gâmbia

LONDRES (Reuters) - Uma nova vacina de DNA contra a malária, uma das doenças que mais mata em todo o mundo, começou a ser testada em ensaios clínicos na Gâmbia na segunda-feira.

Adrian Hill, da Universidade Oxford, afirmou que a vacina é a primeira a ter como alvo o parasita da malária dentro da célula.

"Em vez de usar o parasita da malária, inativado de alguma forma, estamos usando o DNA, o material genético", disse Hill à rádio BBC na segunda-feira.

"Estamos usando uma preparação purificada de DNA, que é um gene, e este gene constitui uma pequena parte do parasita da malária quando é usado como uma vacina", acrescentou o pesquisador.

Por isso, em vez de tentar matar o parasita antes dele entrar na célula, a nova vacina pretende destrui-lo dentro da célula.

Testes de segurança anteriores demonstraram que a vacina é segura e produziu uma boa resposta imunológica. Caso os novos testes sejam bem-sucedidos e governos e agências de auxílio se envolvam no projeto, Hill disse que a vacina pode estar disponível dentro de cinco a dez anos.

A malária mata mais de 2 milhões de pessoas a cada ano, sendo que 90 por cento das mortes são na África e dois terços entre crianças. A doença transmitida por mosquito causa febre alta, rigidez muscular e sudorese.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: