Publicidade

Notícias de saúde

Longos períodos de imobilidade podem ser piores do que tabagismo

13 de junho de 2011 (Bibliomed). Cargos que exigem que a pessoa fique sentada durante muito tempo podem oferecer riscos à saúde do trabalhador. De acordo com a American College of Cardiology, sentar durante muito tempo está associado a maiores chances de desenvolvimento de doenças cardíacas, obesidade, diabetes, câncer e morte precoce. Esses riscos fazem com que a imobilidade seja tão perigosa quando fumar ou até mesmo mais prejudicial.

O cardiologista Dr. David Cohen afirma que existem diversos estudos que estabelecem essa ligação. Ele explica que quando a pessoa fica sentada por muito tempo, o corpo entra em modo de armazenamento e não funciona apropriadamente, e assim como no tabagismo, os riscos da prática são proporcionais ao período de tempo. “O fato de ser sedentário faz com que fatores aconteçam no corpo que são muito prejudiciais”, diz o médico.

A recomendação dos médicos é que as pessoas tentem se movimentar no trabalho sempre que possível. Qualquer atividade que faz com que o fluxo sanguíneo seja estimulado é benéfica, já que estimula o funcionamento dos órgãos e deixa o organismo mais saudável.

Fonte: CV News Digest 10 de junho de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: