Publicidade

Notícias de saúde

Uso do DIU após aborto previne gravidez indesejada

10 de junho de 2011 (Bibliomed). Mulheres que sofrem um aborto e no período de três meses seguintes utilizam o dispositivo intrautreino (DIU) têm menos chances de passar por uma gravidez indesejada. Segundo especialistas da Oregon Health & Science University, esse método contraceptivo é seguro, altamente eficaz, e reversível a longo prazo.

O estudo envolveu 575 mulheres, com idade superior a 18 anos, que sofreram aborto e foram divididas aleatoriamente em dois grupos: o primeiro recebeu o DIU logo após o aborto, enquanto o segundo recebeu entre 2 e 6 semanas mais tarde.

Seis meses depois, 258 mulheres do primeiro grupo não apresentaram efeitos adversos significativos e mais de 90% delas ainda estavam usando o dispositivo. Das 226 mulheres que se submeteram à inserção tardia, cinco ficaram grávidas, mas não houve eventos adversos nas demais. Contudo, no segundo grupo, apenas 77% continuavam com o DIU no final dos seis meses.

Segundo Paula Bednarek, autora da pesquisa, muitas mulheres marcam consulta após o aborto para colocação do DIU, mas acabam não comparecendo, o que aumenta as chances de gravidez indesejada. O estudo foi publicado no New England Journal of Medicine.

Fonte: EurekAlert, 08 de junho de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: