Publicidade

Notícias de saúde

Obesas, hipertensas e fumantes devem ter cuidado com uso da pílula

03 de maio de 2011 (Bibliomed). Na década de 1960 as pílulas anticoncepcionais começaram a se popularizar, e hoje estão incorporadas à vida das mulheres. Contudo, mulheres obesas, fumantes, hipertensas e com diabetes devem tomar cuidados especiais na escolha desse método contraceptivo.

Nilson Melo, presidente da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), lembra que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a prescrição de anticoncepcionais de acordo com o perfil de saúde de cada mulher.

Os hormônios existentes em alguns anticoncepcionais podem agravar as doenças pré-existentes na mulher e provocar outras doenças ligadas à circulação, como trombose, infarto e acidente vascular cerebral. Além disso, em mulheres com excesso de gordura, as pílulas têm eficácia reduzida.

“Um erro grave e perigoso é que algumas escolhem o anticoncepcional sem o aval médico, vão às farmácias e compram uma pílula que pode não ser a mais conveniente e até perigosa para elas”, diz Melo. Em fumantes o risco do uso de uma pílula inadequada pode aumentar os riscos de infarto.

Segundo o especialista, só o ginecologista é capaz de indicar qual o melhor método contraceptivo. Melo lembra também que, após algum tempo o método deve ser revisto para avaliar sua eficácia e se ele está interferindo em algum outro aspecto da saúde, até mesmo porque, com o passar dos anos, a mulher pode ganhar peso ou desenvolver hipertensão e diabetes, o que exige a mudança dos contraceptivos.

Fonte: Diabetenet, 27 de abril de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: