Publicidade

Notícias de saúde

Jornada de trabalho extensa pode colocar a saúde em risco

08 de abril de 2011 (Bibliomed). Pessoas que trabalham onze horas ou mais por dia podem desenvolver doença cardíaca coronariana, diz estudo britânico. Cientistas da University College London estudaram dados sobre 7.095 trabalhadores públicos com idades entre 39 e 62 anos, que no início do projeto de pesquisa em 1991-92 não mostraram sinais de doença cardíaca coronariana após exames médico.

A cada cinco anos os pacientes passaram por avaliações para detecção de problemas no coração. Após esse período, os pesquisadores descobriram que aqueles participantes que relataram trabalhar onze ou mais horas por dia tinham 67% mais chances de desenvolver doença cardíaca coronariana do que as pessoas que trabalham sete ou oito horas por dia.

A análise foi feita ao longo de 12,3 anos, e, ao final desse período, 192 pessoas foram diagnosticada com doença cardíaca coronariana.  A maior parte dos participantes era do sexo masculino e tinham entre 49 e 53,5 anos. Desses, 54% afirmaram trabalhar entre sete e oito horas diária, enquanto 10,4% alegaram trabalhar onze ou mais horas por dia.

De acordo com os pesquisadores, como jornadas extensas de trabalho estão tornando-se cada vez mais comuns, o estudo tem implicações importantes. Segundo os estudiosos, incorporando informações sobre os hábitos de trabalho em suas avaliações de pacientes pode ajudar os médicos a fazer uma melhor avaliação das pessoas com doença cardíaca coronária.

O estudo foi publicado na revista Annals of Internal Medicine.

Fonte: WebMD, 07 de abril de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: