Publicidade

Notícias de saúde

Margarina e Dieta sem Gordura Ajudam a Reduzir Colesterol

NOVA YORK (Reuters Health) - Os efeitos redutores de colesterol de certas margarinas se estendem a pessoas que consomem dietas com baixa taxa de gordura e têm apenas uma elevação branda dos níveis de colesterol, sugerem as descobertas de um estudo recente.

Os pacientes podem se beneficiar dessas margarinas consumindo apenas uma vez ao dia, em vez de comer a cada refeição, relatou outro estudo.

As margarinas redutoras de colesterol contêm ingredientes baseados em plantas conhecidos como éster estanol e éster esterol, que têm se mostrado úteis em ajudar a reduzir o colesterol em pessoas com altos níveis de colesterol e que seguem uma dieta com alta taxa de gordura.

Os pacientes também têm sido aconselhados a consumir um pouco de margarina em cada refeição, desde que foi difundida a idéia de que as margarinas estão associadas ao trabalho de bloqueio da absorção do colesterol da comida.

Conforme os pesquisadores, as descobertas do estudo podem permitir incorporar mais facilmente essas margarinas à dieta. Os relatos dos trabalhos foram publicados na edição de setembro do European Journal of Clinical Nutrition.

"Nossas descobertas .... demonstram que não é necessário consumir produtos com éster estanol vegetal simultaneamente ao colesterol da dieta ou em cada refeição", concluiu a equipe de J. Plat, do Departamento de Biologia Humana, na Universidade Maastricht, Holanda.

"Isto fornece variedade e pode aumentar a adesão de potenciais consumidores", informaram os autores.

O estudo incluiu 39 pessoas com taxas normais ou brandas de colesterol HDL (colesterol bom). Por períodos de três a quatro semanas, as pessoas não consumiram estanóis vegetais e ingeriram 2,5 gramas de margarina no almoço e 2,5 gramas divididas em outras três refeições.

Independentemente de quando foram consumidas, as margarinas reduziram tanto o colesterol total quando o LDL, também conhecido como colesterol ruim. Os níveis de colesterol HDL não mudaram.

No segundo estudo, a equipe de Ma Hallikainen, do departamento de nutrição clínica da Universidade de Kuopio, Finlândia, testou os efeitos das margarinas como parte de uma dieta com baixa taxa de gordura.

O estudo incluiu 34 pessoas que consumiram menos de 30 por cento de calorias em gordura e menos de 300 miligramas de colesterol, com éster estanol, éster esterol ou sem a adição do produto, por períodos de quatro semanas. Os ésteres de estanol e esterol baixaram o colesterol total em 9,2 por cento e o colesterol LDL em cerca de 13 por cento.

"Como parte de uma dieta com pouca gordura, estas margarinas reduziram significativamente a concentração do colesterol total e do colesterol ruim e não houve diferença significativa na eficácia da redução do colesterol nas pessoas com níveis suaves a moderados de HDL", concluíram os pesquisadores.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: