Publicidade

Notícias de saúde

Otimismo ajuda na recuperação de pacientes cardíacos

02 de março de 2011 (Bibliomed). Pensar positivamente quanto à recuperação pode aumentar a sobrevida de pacientes com doença arterial coronária. De acordo com um estudo feito recentemente, a atitude do paciente exerce influência sobre o tratamento e superação da doença.

Pesquisadores do centro médico da Duke Univeristy (EUA) estudaram 2.818 pacientes. Eles analisaram angiografias dos pacientes e pediram a eles que respondessem um questionário sobre suas expectativas quanto ao estilo de vida que teriam com a doença. Para que a comparação entre os participantes fosse ajustada às particularidades de cada um, os pesquisadores levaram em conta fatores como idade, sexo, sintomas de depressão, histórico de saúde, entre outros.

Os resultados mostraram que pacientes otimistas tinham 17% menos chance de morrer nos 15 anos que seguiram o estudo. De cada 100 pacientes otimistas, 31.8 morreram, sendo que esse número foi de 46.2 mortes entre cada 100 pacientes pessimistas.

O Dr. John C. Barefoot, autor da pesquisa, afirma que pesquisas anteriores já estabeleceram ligações entre depressão e taxas de mortalidade. “(Nossos) resultados demonstram a magnitude do impacto das expectativas dos pacientes no processo de recuperação acima e além da depressão e outros fatores psicológicos ou sociais”.

Ele acredita que existem duas possibilidades que explicam esse fenômeno. O primeiro é que pacientes que pensam positivamente tem mais capacidade emocional de seguir bem seu tratamento, pois lidam bem com suas emoções. A segunda explicação é que o pensamento negativo traz estresse e tensão para o paciente, o que causa efeitos negativos no corpo, que podem comprometer a saúde do paciente.

Fonte: WebMD 01 de março de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: