Publicidade

Notícias de saúde

Jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros apresentam maior prevalência de transtornos mentais

29 de novembro de 2010 (Bibliomed). Um estudo realizado na University of Illinois examinou as associações de raça / etnia, gênero e orientação sexual com transtornos mentais entre jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT).

Foram estudados 246 jovens da comunidade LGBT de 16 a 20 anos. Um terço dos participantes preencheram os critérios para um transtorno mental, 17% para transtorno de conduta, 15% para depressão maior, e 9% para transtorno de estresse pós-traumático. Anorexia e bulimia foram raras. Tentativas de suicídio durante a vida foram frequentes (31%). Poucas diferenças raciais / étnicas e de gênero foram estatisticamente significativas. Jovens bissexuais identificados tinham menor prevalência de cada diagnóstico. 

Os autores concluíram que jovens LGBT apresentam maior prevalência de diagnósticos de transtornos mentais do que os jovens da população geral, mas foram semelhantes às amostras representativas dos jovens das minorias urbanas, por raça / etnia. Comportamentos suicidas foram semelhantes aos dos jovens de amostras representativas na mesma área geográfica. Questionários medindo o sofrimento psíquico pode superestimar a prevalência de depressão nessa população.

O estudo foi publicado na revista American Journal of Public Health em seu último número.

Fonte: American Journal of Public Health, Volume 100, Number 12, 2010, Pages 2426-2432

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: