Publicidade

Notícias de saúde

Obesidade e sedentarismo aumentam os riscos de fibromialgia, diz estudo

30 de abril de 2010 (Bibliomed). Mulheres com sobrepeso ou obesas, especialmente aquelas que se exercitam muito pouco ou são totalmente sedentárias, estão sob maior risco de desenvolver fibromialgia - condição marcada por dor muscular e articular generalizada -, segundo estudo publicado na edição de maio da revista

Arthritis Care & Research.

Avaliando dados de quase 16 mil mulheres, colhidos no período entre 1984 e 1986 e entre 1995 e 1997, os pesquisadores notaram que aquelas com índice de massa corporal maior que 25 - indicando sobrepeso - tinham de 60% a 70% maior risco de estar entre os 380 casos de fibromialgia diagnosticados durante o estudo. Porém, quando as mulheres eram fisicamente ativas, esses riscos eram reduzidos, mesmo se elas apresentassem sobrepeso ou obesidade.

De acordo com os especialistas, os resultados confirmam a relação entre atividades físicas, obesidade e bem estar, mostrando que os exercícios são úteis, mesmo se a pessoa for obesa. "Uma pessoa que se exercita e é consciente sobre seu peso terá melhor saúde, o que inclui um menor risco de desenvolver fibromialgia", destacou o pesquisador Eric Matteson, da Mayo Clinic, nos Estados Unidos. "Pessoas que têm sobrepeso ou são obesas desenvolvem fibromialgia com mais frequência, e aquelas pessoas acima do peso ou obesas que se exercitam estão um pouco melhores do que as que não exercitam", completou o reumatologista Kyriakos A. Kiro.

Os pesquisadores não sabem exatamente por que a obesidade aumenta os riscos de desenvolver as dores pelo corpo, mas algumas pesquisas sugerem que o aumento de algumas proteínas inflamatórias pode cumprir um papel em ambas as condições. Enquanto isso não é esclarecido, eles destacam a importância de um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e exercícios, e recomendam políticas de saúde pública que incentivem as atividades físicas e o controle de peso para a prevenção da fibromialgia.

Fonte: Arthritis Care & Research. Edição prévia de maio de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: