Publicidade

Notícias de saúde

Combinação de gordura e células-tronco pode substituir o silicone no aumento dos seios, diz especialista

07 de abril de 2010 (Bibliomed). O aumento de seios usando gordura autóloga enriquecida com células-tronco ainda permanece em pesquisa nos Estados Unidos e na Europa, mas um especialista austríaco em cirurgia cosmética e antienvelhecimento, o médico Karl-Georg Heinrich, já vem oferecendo o aumento de seios com células-tronco autólogas para um grande público desde 2007. O trabalho é apoiado em evidências de estudos japoneses que sugerem eficácia e segurança do procedimento.

"As experiências realizadas nos últimos anos mostraram que a gordura autóloga enriquecida com células-tronco permite um aumento de seios feito de maneira delicada e duradoura e, na maioria dos casos, sem bisturis e silicone", disse o especialista, que oferece o método, enquanto pesquisa maneiras de refinar o aumento de seios com células-tronco autólogas.

No aumento de seios sem o uso de silicone, a gordura é lipoaspirada da paciente com microcânulas patenteadas e, posteriormente, enriquecida com células-tronco isoladas através de uma combinação de técnicas. A gordura autóloga enriquecida é, então, injetada no seio. Segundo o especialista, as células vivas de gordura se desenvolvem a partir das células-tronco implantadas e se incorporam no tecido do seio. “A naturalidade dos resultados é convincente - os seios aumentados parecem reais em qualquer posição e movimento. O procedimento é realizado com anestesia local e, logo depois, a paciente tem mobilidade total e já pode ir para casa”, destacou o médico.

Ainda de acordo com Heinrich, as células-tronco a partir da gordura autóloga possuem considerável potencial terapêutico. Além do aumento dos seios, o especialista as usa para modelar outras regiões do corpo, como nádegas, para o rejuvenescimento da pele, para cirurgia plástica facial sem o uso de bisturi e para correção de depressões deixadas após lipoaspirações mal sucedidas. “O tratamento e a regeneração de órgãos internos é uma aplicação para o futuro próximo”, concluiu.

Fonte: Newswire Brasil. Press release. 06 de abril de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: