Publicidade

Notícias de saúde

Obesidade infantil vira epidemia nos EUA

Por Vanessa Furlong

WASHINGTON (Reuters) - O número de pessoas acima do peso vem se ampliando nos Estados Unidos. Agora, estudos dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA revelam que o número de crianças acima do peso mais do que dobrou nas últimas três décadas no país.

De acordo com os estudos, 5,3 milhões, ou 12,5 por cento, dos norte-americanos entre 6 e 17 anos estão acima do peso ou obesos.

Há anos os norte-americanos vêm enfrentando problemas de peso, mas apenas recentemente a obesidade infantil atingiu proporções epidêmicas, de modo que autoridades de saúde estão tratando o assunto como uma crise de saúde.

Judith Young, diretora-executiva da Associação Nacional para Esporte e Educação Física, acredita que uma dieta pobre e a falta de exercícios ainda são os responsáveis pelo ganho de peso, sendo que a tecnologia não está facilitando as coisas.

Através de empresas online, os norte-americanos podem pedir vídeos e comida com o clique de um mouse. "Há menos motivos para se mexer -- por razões utilitárias e recreativas", disse Young.

As crianças e os adolescentes começaram a se socializar no ciberespaço e preferir navegar ou ouvir CDs em casa do que queimar calorias em espaços públicos.

De acordo com estatísticas dos CDC, somente 50 por cento das pessoas entre 12 a 21 anos praticam atividades físicas regularmente.

A participação de estudantes em aulas de educação física também está diminuindo. No caso dos estudantes do ensino médio, a participação em aulas de educação física caiu de 42 por cento em 1991 para 25 por cento em 1995.

Os CDC estimam que o custo total de doenças associadas à obesidade, com diabete e doenças cardíacas, é de 100 bilhões de dólares por ano, cerca de 8 por cento do orçamento nacional de saúde.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: