Publicidade

Notícias de saúde

Vegetarianismo pode esconder problemas alimentares, diz estudo

09 de abril de 2009 (Bibliomed). Uma dieta vegetariana, que muitas vezes é associada a um estilo de vida mais saudável para os jovens, pode, na verdade, encobrir transtornos alimentares, segundo estudo publicado na edição de abril do Journal of the American Dietetic Association.

Os pesquisadores da Universidade de Saint John, nos Estados Unidos, observaram que, entre os mais de 2,5 mil jovens com idades entre 15 e 23 anos pesquisados, os vegetarianos comiam mais frutas e verduras e menos gorduras, além de terem menos chances de estarem acima do peso.

Por outro lado, eles também seriam mais propensos a reportar problemas alimentares, como o fato de comer demais e tomar medidas extremas para perder peso – como o uso de remédios, laxantes e provocando vômito. Cerca de 18% deles reportaram já terem comido fora de controle, contra apenas 5% dos comedores de carne. E 27% dos ex-vegetarianos admitiram já terem usado táticas extremas para perda de peso, contra 15% dos não-vegetarianos.

De acordo com os autores, esses resultados sugerem que, ao mesmo tempo em que a dieta vegetariana pode ser saudável, ela também pode mascarar uma tentativa excessiva de alguns jovens para a perda de peso. E os pais deveriam estar atentos às verdadeiras motivações dos filhos em aderir esse tipo de alimentação.

“Se os pais reconhecerem que seu filho é particularmente sensível à aparência e à pressão a se conformar a um ideal cultural, é possível que ele ou ela possa estar experimentando uma insatisfação com o próprio corpo”, destacaram os autores. Nesses casos, quando a razão for a perda de peso, segundo os autores, os pais devem ter uma séria conversa com o filho.

Fonte: Journal of the American Dietetic Association. Abril de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: