Publicidade

Notícias de saúde

HIV aumenta risco de problemas de colesterol em crianças e jovens

24 de março de 2009 (Bibliomed). Crianças e jovens infectados com o HIV – vírus da Aids – no nascimento e em tratamento com terapia antirretroviral têm menores níveis de gordura nos membros e maior prevalência de problemas de colesterol e triglicérides, segundo estudo publicado na revista científica Aids.

De acordo com autores do estudo, a terapia antirretroviral reduz as taxas de doença e mortes em pessoas com HIV, mas pode ter efeitos colaterais, como mudanças na forma do corpo e mudanças metabólicas (no colesterol e na glicose), que podem aumentar os riscos de doença cardiovascular. Por isso, os especialistas recomendam que essas crianças e jovens tenham um estilo de vida voltado para a redução desses riscos, com exercícios e dieta balanceada.

Para avaliar a prevalência de distúrbios metabólicos entre crianças e jovens HIV positivo, os pesquisadores avaliaram pessoas com idades entre sete e 24 anos que tinham longo histórico de uso de terapia antirretroviral – 161 que tomavam inibidor de protease e 79 com outro tratamento anti-HIV –, comparando-os com 146 HIV negativos da mesma idade e sexo.

Os resultados mostraram que os infectados com o HIV tinham, em média, menor peso, altura e índice de massa corporal do que os outros. O total de gordura nos braços e pernas também seria menor entre esses pacientes.

Porém, apesar de serem mais magros, os participantes HIV positivos apresentavam maior prevalência de problemas com o colesterol, com os níveis de triglicérides e com a insulina. Entre eles, 29% tinham colesterol total acima de 200mg/dL, contra 10% dos jovens HIV negativo; 19% tinham colesterol “ruim” (LDL) alto, contra 6% dos outros; e 10% tinham colesterol “bom” (HDL) baixo, comparados com apenas 4% dos jovens não-infectados.

“Observamos alta prevalência de dislipidemia naqueles com infecção pelo HIV, particularmente aqueles sob regimes contendo inibidores de protease”, disseram os pesquisadores, acrescentando que esses problemas, principalmente altos níveis de LDL são associados a um risco elevado de doença cardiovascular em adultos.

Fonte: AIDS:Volume 23(6)27 March 2009p 661-672.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: